7º Viva Motocross Arapiraca – Arapiraca – AL

7º Viva Motocross Arapiraca – Arapiraca – AL


O Viva Motocross se consolidou como uma das principais provas da região nordeste atraindo pilotos de vários estados. Esta etapa recebeu mais de 230 pilotos, e o evento contou com a excelente narração do carismático Carira Cross de Aracaju.

Para acomodar o público que ultrapassou as 8 mil pessoas, foram montados jogos de arquibancadas cobertas e camarotes. O local escolhido para a fica às margens do Lago da Perucaba proporcionando um belo visual. O sol forte, característico da região, era amenizado com o vento, que deu muito trabalho para a organização deixar a pista em ordem para as disputas de 14 categorias no domingo. No sábado tivemos como aperitivo as provas da MX 50cc, MXF e Nac. Iniciante.


Rafael venceu a primeira prova do sábado, a 50cc

Pela MX 50cc, Rafael andou forte e venceu a prova com certa vantagem em relação ao segundo colocado, Franklin. Marcio Filho terminou em terceiro e Lívia em quarto. Completando o pódio na categoria ficou José Arthur.


Evilin, vencedora da MXF

Gaby andou na liderança da MXF praticante toda a prova, mas foi surpreendida na última volta por Evelin, que assumiu a ponta e venceu. Yasmi ficou em terceiro, Ysla ficou em quarto com Amanda completando o pódio em quinto.


Rosimar Henrique

Com o gate cheio a última do dia foi a Nacional Estreante e Rosimar “Pinto Branco” Henrique largou muito bem e administrou a pequena vantagem que conquistou durante a prova em relação ao segundo colocado Danilo Ferreira que começou em sexto. Segundo lugar conquistado na última volta quando Danilo ultrapassou Cabeça que terminou em terceiro. Whedny Torres largou no segundo posto, mas sentiu o ritmo de corrida e terminou em quarto com Jesué Rozendo em quinto e próximo.

Domingo


Largada Intermediária

No domingo a primeira bateria a entrar na pista foi a Nacional 200 cc. Com uma boa tocada e aproveitando a ótima largada Rosimar “Pinto Branco” Henrique soube administrar a diferença em relação aos outros pilotos vencendo com uma vantagem de cinco segundos em relação a MAGA que inicialmente largou na quarta colocação, mas na metade da prova conseguiu superar EWERTIN e conquistou o segundo lugar. Ewertin ficou com a terceira colocação com grande vantagem em relação ao quarto colocado, Pimenta. Renato Moita subiu duas posições em relação da largada e fechou o pódio na quinta colocação.


Juninho assumiu a liderança no final da prova da 65

José Gabriel andou boa parte da categoria 65cc na primeira posição. Porém, foi surpreendido por Juninho na antepenúltima volta. Apesar de perder a liderança, José Gabriel não deu folga para o ponteiro ate os metros finais da prova, mas concentrado Juninho não deixou uma brecha para José Gabriel recuperar a liderança. Higor Aguiar começou a prova oscilando nas posições até que na metade da prova ele se firmou na terceira posição. Wagner Guilherme terminou em quarto com certa folga em relação ao quinto colocado Danuzinho.


Janiedson foi agressivo nas curvas para vencer a Nacional 230

Ruan Miguel largou na ponta da categoria Nacional 230 cc, mas na passagem seguinte já ocupava a quarta colocação, que sustentou ate o final da prova. Quem assumiu a ponta na primeira volta foi Janiedson. Na segunda colocação veio Flávio Pantanal. Com uma tocada forte Yuri Gabriel saiu da quinta colocação para assumir o segundo lugar na metade da prova partindo com tudo para cima do líder. Janiedson manteve a concentração e não deixou nenhum espaço para Yuri tentar um ataque definitivo e com isso venceu com uma distância pequena do segundo colocado. Um pouco mais atrás Flávio Pantanal terminou em terceiro, com uma separação segura do quarto colocado Ruan Miguel. Jonatan terminou em quinto.


Calixto Junior, vencedor da MX4

Com o gate completamente lotado o líder da MX4 Calixto Junior aproveitou a ótima largada e dominou a categoria de ponta a ponta, os outros competidores tiveram que lutar muito para garantir suas posições. O segundo colocado Washington Luiz variou entre as primeiras posições ate assumir de vez o segundo posto na sexta volta. Já Bruno Alencar, que terminou em terceiro, chegou a ocupar a segunda posição, mas caiu para a sétima durante a prova. Recuperando posições a partir da quinta volta ele terminou colado no segundo colocado. Alexandre Magno largou bem, mas perdeu rendimento durante a prova terminando em quarto. Já Ro saiu de um pelotão competitivo para completar o pódio em quinto.


Stenio Goianinho – Intermediária

Athalo Brito andava com tranqüilidade na ponta da categoria Intermediária, quando um problema na suspensão fez com que tivesse uma forte queda na metade da prova, resultando em seu abandono.. A partir daí a liderança da categoria foi uma disputa intensa entre Stenio “Goianinho” e Daniel Ventura. Até que na penúltima volta Goianinho aproveitou um espaço e superou Ventura. Ventura bem que tentou recuperar a liderança, mas teve que se contentar com o segundo lugar.Massud Ramos começou com problemas perdendo várias posições, mas se recuperou e foi conquistando terreno até terminar no terceiro posto, praticamente grudado com o quarto Gabriel Duarte. Cleberton Mota ficou com o quinto lugar.


Diógenes Rufino – Nacional Open

Os dois primeiros colocados da Nacional Open foram definidos ainda nas primeiras voltas. Diógenes Rufino largou bem e assumiu a ponta. Com uma tocada forte ele abriu distancia do segundo colocado Flávio Pantanal. Washington Luiz antes da metade da prova assumiu o terceiro posto e conseguiu se manter na posição ate o final. Bruno Alencar saiu da parte de trás do pelotão para conquistar o quarto lugar. Thyago Nunes andou nas primeiras posições e ficou com a quinta posição.


Henrique Silva

A categoria Nacional Intermediária foi dominada por Henrique Silva que assumiu o posto logo após cair o gate. Pela segunda posição a disputa ficou restrita entre Georgeanderson “Rã” Santos e Pinto Branco. Após se alternarem no posto Georgeanderson se firmou na posição na metade final da prova deixando Pinto Branco em terceiro. Danilo Ferreira teve que se esforçar muito para ficar com o quarto lugar deixando Breno Bala em quinto.


Rafael Fonseca

Viva Motocross foi a categoria voltada para os pilotos da região. Rafael Fonseca assumiu a ponta na segunda volta, mas no finalzinho da prova teve a companhia de Junior Café que veio fazendo uma ótima corrida saindo do meio do pelotão. Edilson Café terminou em terceiro pilotando com certa folga em relação ao quarto colocado Jovino. Mesmo tendo companhia por perto, Everton Labofarma conseguiu segurar o quinto posto.


Juninho Ferreira faturou a MX2

Gustavo Amaral liderava a categoria MX2 até que problemas em sua moto fizeram com que abandonasse a prova. Com isso Juninho assumiu a frente e soube administrar muito bem a pressão de Tallys Nathan que já havia assumido a segunda posição após ultrapassar Eduardo “Dudu” na sétima volta. Andando sempre no pelotão da frente, Gabriel Calixto ficou com a quarta colocação e Massud Ramos em quinto.


Macilão, vencedor da MX Máster

Macilão largou bem e não deu chance para ninguém na MX Máster. Saindo da quarta colocação Álvaro “Paraguaio” Candido ficou com o segundo posto com muita vantagem em relação a Jovino que ficou em terceiro. Carlos André saiu do meio de um pelotão competitivo para ficar com o quarto. David Lara completou o pódio na quinta colocação.


Anderson Andinho – MX3

Andinho e Calixto Junior fizeram um belo duelo pela liderança da MX3 a vitória ficou com Andinho que terminou a prova a 0.282 segundos de diferença de Calixto. Washington Luiz andou boa parte da prova na quarta colocação, mas faltando duas voltas para o final ele superou Diógenes Rufino e terminou em terceiro. Kleber Moraes veio numa crescente durante a prova até conquistar o quinto lugar.

A principal categoria para motos nacionais, a Nacional Pro teve somente um líder de ponta a ponta. Juninho andou forte e administrou muito bem a prova para ter uma vitoria considerada tranqüila. Alex Alves assumiu a segunda posição no comecinho da prova e mesmo tendo a companhia de Yuri Gabriel que espera um deslize para ocupar a segunda posição, Alex manteve uma boa concentração para ficar em segundo. Daniel Ventura e Danilo Freitas trocaram de posições algumas vezes durante prova até que Ventura conseguiu segurar o quarto lugar deixando Danilo Freitas em quinto.


Gabriel Duarte venceu a categoria Junior

Diego Rufino largou na primeira posição da categoria Junior,na segunda volta ele ocupou a quinta colocação, mas na quarta volta reconquistou o quarto lugar. Gabriel Duarte fez o caminho inverso e na sexta volta assumiu a ponta e não deixou que ninguém atrapalhasse sua vitória. Yuri Santos conquistou o segundo posto na metade da prova e abriu uma boa diferença do terceiro colocado Everti Violãozinho. Daniel Alves ficou em quinto, apesar de oscilar no começo da prova.


Juninho Ferreira venceu também a MX1

As três primeiras colocações da ultima prova do dia, a MX1, foram definidas logo após cair o gate. Juninho Ferreira andou forte e venceu a bateria com mais de seis segundos em relação ao segundo colocado Gabriel Calixto. Um pouco mais atrás Tallys Nathan andou tranqüilo no terceiro posto tentando se aproximar dos ponteiros. No meio da prova Gustavo Amaral superou Eduardo Dudu e terminou a prova em quarto.

Ao final da prova o organizador Ricardo Leão agradeceu a presença de todos os pilotos para esse grande evento. “Agradeço a Prefeitura local que não mediu esforços para que o evento fosse um sucesso. A Secretaria de Esportes do Estado, ao Moto Grupo Centuriões do Rei, através do Pastor Marcelo que é um amante do esporte. A Dismoto (concessionária Honda) e os demais patrocinadores que abraçaram esse projeto chamado Viva Motocross Arapiraca” disse Leão. Segundo informações o evento deverá ser ainda maior em 2020 e a organização já está a procura de apoiadores. Os interessados nessa parceria podem entrar em contato pelo email rpr.barbosa@hotmail.com ou pelo fone (82) 99665-7443

Já para Sergio Flores diretor da PERACE a prova fechou uma temporada de sucesso como promotor da Arena Nordeste de Motocross. Porém o ano ainda não acabou para a equipe que parte para a cidade de Alagoa Nova na Paraíba, para a realização do Campeonato Paraibano de Motocross.

Resultados 7º Viva Motocross Arapiraca – AL

65cc
12Juninho
266José Gabriel
352Higor Aguiar
430Wagner Guilherme
5717Danuzinho
6100João Arthur
714Nicolas Rafael
856Pedro Alves “Dingo” Filho
912Kelvin Ryan
108Márcio Filho
Intermediária
1479Stenio “Goianinho”
247Daniel Ventura
322Massud Ramos
416Gabriel Duarte
593Cleberton Mota
62Lucas de Tarso
786Amorzinho
8907Jair Silva
936Rafael Fonseca
1049Ericles Cruz
Nac 230 cc
142Janiedson
239Yuri Gabriel
314Flávio Pantanal
481Ruan Miguel
579Jonatan
677Jovino
717Jaminho
825Sanderley de Oliveira
913Tony Melo
10690Anderson
Nac 200
11Rosimar “Pinto Branco” Henrique
2301Maga
392Ewertin
423Pimenta
574Renato Moita
611Fred Melo
7114Leo Cabelça
894Renato Moita
9360Breno Alves
MX4
15Calixto Junior
20Washimgton Luiz
3601Bruno Alencar
48Alexandre Magno
5421Ro
6115Kleber Moraes
7371Eduardo Monte Belo
8200Thomas
940Luciano Castor
1036Junior Tiradentes
Viva Motocross
136Rafael Fonseca
2330Junior café
315Edilson Hon
471Jovino
587Everton Labofarma
649Carlos Andre
7129Ricardo Leão
8187Cicero
9202Thiago Cruz
10314Ismael
NacionalIntermediária
1311Henrique Silva
248Georgeanderson “Rã” Santos
327Rosimar “Pinto Branco” Henrique
422Danilo Ferreira
557Breno Bala
695Emanuel
718Iuri Morceguinho
821Cabeça
9259Tarcisio Silva
1025Sanderley de Oliveira
MX2
157Juninho Ferreira
21Tallys Nathan
335Eduardo “Dudu”
4188Gabriel Calixto
522Massud Ramos
6396José Feijo
7479Stenio Goianinho
8115Kaio Moraes
947Daniel Ventura
1032Danilo Freitas
Nac Open
177Diógenes Rufino
214Flavio Pantanal
38Washington Luiz
4601Bruno Alencar
519Thyago Nunes
632Jackson Cruz
720Paulo de Tarso
883Armando Godoy
952Russo
1030Wagner Taylor
Junior
116Gabriel Duarte
218Yuri Santos
392Everti Vilaozinho
477Diego Rufino
512Daniel Alves
6121Alexandre
781John Leite
8101Pedro Oliveira
9225Manoelzinho
10107Marcos Henrique
Nac Pro
157Juninho Ferreira
2121Alex Alves
339Yuri Gabriel
447Daniel Ventura
532Danilo Freitas
622Massud Ramos
713Tony Melo
843Breno Bala
995Emanuel
1077Jovino
MX3
11Anderson “Andinho”
25Calixto Junior
38Washington Luiz
477Diogenes Rufino
5115Kleber Moraes
6601Bruno Alencar
719Thiago Nunes
842Caboginho
92Andre Pankela
1073Pezão
MX Master
12Macilão
23Alvaro “Paraguaio” Candido
371Jovino
449Carlos Andre
513David Lara
638Neno
7129Ricardo Leão
8211Anailson Chaves
96Sérgio Damião
10235Kleber Bike
Mx1
157Juninho Ferreira
25Gabriel Calixto
31Tallys Nathan
4111Gustavo Amaral
535Eduardo Dudu
6115Kaio Moraes
7396José Feijo
832Danilo Freitas
959Mayke Justino
107Renato Lira
Nac Iniciante
11Rosimar “Pinto Branco” Henrique
222Danilo Ferreira
321Cabeça
427Whedny Torres
547Jesué Rozendo
60Vitor Nuteles
7794Alon Antonio
833Gustavo Abreu
997Bueno
107Everton Labofarma
MXf
112Evelin
219Gaby
320Yasmi
4114Ysla
587Amanda
652Jessica
7690Thamires
811Anny
50cc
1190Rafael
216Franklin
38Marcio filho
4167Livia
564José Arthur
62Kiel Carvalho
7165João Francisco

Para maiores informações sobre classificação e resultado final dos campeonatos acesse www.cariracross.com.br

Fonte: MotoX