As motos tem um limite de desvalorização?

As motos tem um limite de desvalorização?

Então galera, estava eu dando uma olhada nas importadas, sonhando, e acabei reparando algo ( Desvalorização das motos ): as motos não caem de preço depois de um certo tempo, ao contrário, acabam se valorizando! blink:: Obviamente isso não acontece com as minhas motos, eu sempre vendo rápido, mas vendo barato.

Por exemplo, minha primeira importada foi uma YZ250F 2006, que o Zenha arrumou pra mim no Goiás!

Era essa a moto:

Estava bem conservada, bonita, putz, me deu alegrias demais essa motinha!

Na época, em 2008 (ou seja, 5 anos atrás, quando a moto tinha apenas 2 anos de uso!), paguei R$ 12000,00! aplauso::Hoje na mesma moto nego pede 13, 14, 15. Será que vende?

E pensar que em 2009 eu troquei essa YZ250F numa YZ450F “na oreia”, ou seja, comprei uma 450 2006 pelos mesmos 12000,00!! Vai ver quando pedem numa moto destas hoje! doeu::

Era essa a moto:

Imagem

Pois bem, as motos parecem desvalorizar muito no início, mas depois parecem “manter” o preço. Eu, sinceramente, não entendo.

Um outro exemplo bom é a minha YZ250F que foi vendida pro Pedro. MOtinha zerada, um monte de acessórios, foi embora por 15 pilas! E nego pede mais que isso em motos muito piores. Imagino que não vendam nunca, mas isso acaba “fudendo” com o mercado de usadas, na minha opinião. Acaba “inflacionando artificialmente” as motos de cross.

Pois é. Só uma reflexão sobre a desvalorização das motos ou não.

Eu comprei a CRF230 do Leandro e desde o dia que comprei ela está la no Davi! rindo2:: É provável que eu venda (lógico que por um preço muito maior, tenho que inflacionar também kkkkk) ou troque sem nem andar na motinha! rindo3::

Ver tópico completo no fórum