Campeonato Brasileiro de Enduro FIM – 2ª etapa – Penha (SC)

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM – 2ª etapa – Penha (SC)

Sem a presença de Bruno Crivillin, campeonato retornou após pausa com novo líder no topo do pódio

Gabriel Soares

Após mais de 180 dias de intervalo depois da abertura da temporada, Penha (SC) recebeu a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM neste final de semana, dias 12 e 13. A competição, com base no Kartódromo Beto Carrero, incluiu disputas em um percurso com desafios variados: com chão batido e pasto, trechos de areia e pedras e até mesmo a passagem dentro de uma casa abandonada. A etapa foi composta por três voltas com 32 km cada e três trechos cronometrados. Seguindo protocolos de segurança, o público não teve acesso aos locais da prova, para manter o distanciamento social.

A vitória da etapa ficou com Gabriel Soares, da Honda. Com o resultado ele assume o primeiro lugar na tabela da categoria Enduro GP (geral) e amplia liderança na E2“Estou muito feliz com este fim de semana, foi extremamente positivo. Treinei bastante para esta etapa, vim preparado. Fiz o que era preciso para chegar ao objetivo, dei o meu melhor e estou muito satisfeito com o resultado”, comentou o piloto.

Vinícius Calafati

A segunda posição geral e da E2 ficou com Patrik Capila. Já Vinícius Calafati completou o pódio da etapa, faturando a vitória da categoria E3, em que é o vice-líder do campeonato. “Consegui fluir bem e atacar nas especiais (trechos cronometrados). Esta etapa foi bem diferente das demais, porque não tinha deslocamento. As especiais eram todas juntas, mas estavam muito legais. Estou muito feliz com a minha performance e com a da equipe”, afirmou o paulista.

Rômulo Bottrel

Rômulo Bottrel chegou a vencer o primeiro dia de disputas na E3 e foi o segundo na geral, mas no domingo completou como segundo colocado da classe. Pelo resultado geral da etapa, Bottrel ficou com a quarta colocação e manteve a ponta da tabela no Brasileiro de Enduro. “Hoje foi ainda mais disputado do que ontem. As especiais ficaram com mais buracos e raízes, então a prova ficou mais técnica. Todo mundo ali disputando de segundo a segundo, então foi muito legal”, declarou o piloto.

Loandro Anton

Já Lolo Anton, da Pro Tork, foi o quinto colocado da etapa e o mais rápido da E1 durante todo o final de semana. “Fechamos o fim de semana com P1 na categoria e 5º geral. Prova e fim de semana sensacional, parabéns a todos os organizadores”, comentou Anton. A prova também foi válida pela segunda etapa do Catarinense de Enduro e pelo estadual Lolo Anton mantém a liderança da E1.

Em função dos treinos na Itália, visando à estreia no Campeonato Mundial da modalidade na próxima semana (dias 18, 19 e 20 na França), o capixaba Bruno Crivilin não participou das disputas em Penha. Ele é o atual bicampeão brasileiro das classes Enduro GP e E1 e venceu a primeira etapa da competição nacional, realizada em março em Itapema (SC).

Bárbara Neves

Sem a categoria feminina na disputa, Bárbara Neves cumpriu o objetivo de utilizar a segunda etapa do Brasileiro como forma de treino para a temporada 2020. Ela foi a única mulher na EJ, para atletas com menos de 23 anos. A goiana conquistou o sétimo lugar. “Estou muito contente em ter participado de mais uma etapa do campeonato, sem dúvidas foi muito importante para manter o ritmo para os próximos desafios do ano”, conclui. A vitória da categoria ficou com Nicolás Rodriguez à frente de Gabriel Pruning.

O Brasileiro de Enduro agora está programado para retornar nos dias 11 e 12 de outubro em Palmelo (GO).

Resultados – 2 ª etapa – Penha (SC)

Enduro GP

1º – Gabriel Soares (#7) – 50 pontos – Honda Racing
2º – Patrik Capila (#33) – 40 pontos – Edgers Factory Team
3º – Vinicius Calafati (#32) – 40 pontos – Honda Racing
4º – Rômulo Bottrel (#22) – 40 pontos – Equipe Pro Tork KTM Sacramento
5º – Loandro Anton (#133) – 32 pontos – Equipe Pro Tork KTM Sacramento

E2
1º – Gabriel Soares (#7) – 50 pontos
2º – Patrik Capila (#33) – 44 pontos
3º – Gustavo Pellin (#44) – 38 pontos
4º – Felipe Legarrea (#29) – 38 pontos
5º – Alexandre Valadares (#192) – 32 pontos

E3

1º – Vinicius Calafati (#32) – 47 pontos
2º – Rômulo Bottrel (#22) – 47 pontos
3º – Vitor Garcia (#51) – 40 pontos
4º – Cassio Moreto (#366) – 36 pontos
5º – Diogo Lazzari (#900) – 31 pontos

EJ
1º – Nicolás Rodriguez (#4) – 50 pontos
2º – Gabriel Bruning (#50) – 40 pontos
3º – Murilo Caipirinha (#12) – 40 pontos
4º – Gabriel Mattos (#86) – 38 pontos
5º – Caio Carneiro (# 52) – 34 pontos
7º – Bárbara Neves (#116) – 27 pontos

E4
1º – Tiago Wernersbach (#41) – 50 pontos
2º – Fernando Pereira (#14) – 44 pontos
3º – Charles Baron (#841) – 40 pontos
4º – Lucas Arpini (#58) – 36 pontos
5º – Alonso Brandt (#47) – 31 pontos

Fonte: MotoX