Especial Electric OffRoad – A Opção Responsável

Especial Electric OffRoad – A Opção Responsável

A mobilidade elétrica evolui de forma imparável em todos os sectores automóveis e nas duas rodas a explosão de fabricantes a apresentarem  novos modelos com motor elétrico tem vindo em crescendo na última década.

Constatamos uma aposta algo conservadora das marcas tradicionais na mobilidade elétrica que tem sido aproveitada pela indústria chinesa/asiática e por outros grupos tecnológicos internacionas para se posicionarem no mercado com produtos alternativos de mobilidade, sobretudo a nível urbano, com motorizações elétricas.

As grandes cidades lutam com níveis de poluição altíssimos e com uma densidade de transito absurda pelo que soluções de mobilidade urbana elétricas têm encontrado o seu espaço e a maior sensibilidade de um público consumidor em matéria de proteção ambiental e diminuição da sua pegada ecológica.

Em termos globais há de facto toda uma tendência e uma preocupação generalizada de todos os sectores industriais de tornarem os seus métodos de produção menos impactantes e mais sustentáveis. Medidas legais têm vindo também a restringir o nível de emissões produzidas pelo sector dos transportes e os compromissos assumidos no médio prazo pelos países na diminuição de gases poluentes são para cumprir.

Neste contexto o desenvolvimento exponencial da mobilidade elétrica torna-se incontornável e à medida que o “cerco apertar”  veremos este segmento a crescer ainda mais, com produtos mais tecnológicos, com maior e melhor desempenho.

Um segmento de mercado das motos que até ao momento tem sido pouco trabalhado por parte dos fabricantes é o do OffRoad. Em termos de mobilidade todos se encontram mais focados no desenvolvimento de soluções de cariz mais urbano. No entanto as limitações cada vez maiores a que temos vindo a assistir de utilização de veículos com motor de combustão em Parques Naturais e Zonas Verdes protegidas é evidente e incontornável.

Portugal continua a ter algum atraso nessa matéria em relação a outros países Europeus e por isso vemos muitos estrangeiros a escolherem o nosso país para as suas aventuras OffRoad. No entanto essa realidade tem também os dias contados e veremos muito em breve o segmento das motos fora de estrada a sofrerem também a mesma evolução com o aparecimento de cada vez mais modelos com motor elétrico.

Não existem neste momento muitas referências no mercado e a maior parte delas provêm inclusivamente de uma evolução das próprias bicicletas, com pedais ou sem os mesmos, bicicletas que essas sim já adoptaram os motores elétricos faz tempo como complemento à energia imposta nos pedais para aumentarem o âmbito e a abrangência da sua utilização.

Assim decidimos realizar uma análise de mercado e tentar perceber que soluções próximas de uma verdadeira moto de todo-o-terreno existem neste momento no mercado:

Alta Motors Redshift MX Electric

A Redshift da Alta Motors é uma verdadeira moto de OffRoad capaz de se bater de igual para igual com as melhores 250/450 de motor de explosão. Com apenas 117 kg debita uma potência equivalente a 50hp.  Permite selecionar 3 modos de motor diferentes e a sua velocidade atinge os 114 km/h.  As baterias atingem a carga máxima ao fim de 1,5 h e tem uma autonomia de quase 100Km.

Cake Kalk OR Electric Bike

Com um design futurista e m simultâneo minimalista a Cake Kalk é uam moto muito divertida com um desempenho formidável. Pesa apenas 69 kg e atinge uma velocidade máxima de 80 Km/h. Leve, ágil e muito manobrável a Kalk tem uma autonomia de cerca de 3 horas com apenas uma carga. Uma moto especialmente dotada para offroad light e também uma utilização urbana.

Electric Motion Escape

Especialmente dotada para enduro light a Electric Motion Escape é uma excelente moto elétrica de todo o terreno. Com uma bateria de última gerção de 2.6 kW/h e um peso de apenas 77 Kg a Escape tem uma autonomia de 61 Km e atinge uma velocidade máxima de 70 Km. Tecnológicamente evoluída permite alternar entre uma embraiagem electrónica e um travaão progressivo com um simples toque de uma pequena manete.

Electric Motion EM 5.7 Escape Dirt Bike

Design ergonómico e apelativo, a EM 5.7 Escape está equipada com uma bateria de 40 AH e um motor DC Brushless. Pesa apenas 79 Kg e atinge uma velocidade máxima de 60 km/h. A sua autonomia média é de cerca de 200 minutos.

KTM Freeride E-XC

A KTM foi das primeiras a apresentar uma moto de todo o terreno elétrica.  A KTM Freeride não podia deixar os créditos da marca em matéria de OffRoad por mãos alheias pelo que a sua Freeride é uma verdadeira Dirt Bike.  Com um ciclística de topo que inclui suspensões WP, tecnologia de gestão de recuperação de energia e sistemas de control do mais sofisticados e um novo e potente motor elétrico e baterias de última geração fazem da Freeride  uma opção de topo em matéria de moto de todo-o-terreno elétrica. Com apenas 111 kg, peso relativamente baixo inclusivamente para uma moto tradicional de todo terreno e uma autonomia para 2 horas a KTM Freeride atinge uma velocidade máxima de 96 Km/h.

Kuberg Freerider Electric

Desenhada e produzida na Europa a Freerider está disponível com duas motorizações, de 8 Kw e de 12 Kw. Independentemente da versão escolhida a sensação de leveza é máxima e as suas funcionalidades permitem um ajuste rápido para uma utilização mais radical ou mais conservadora. Excelente qualidade de materiais e de fabrico a Freerider proporciona 60 minutos a rodar a fundo e obtém a carga total em apenas 2 horas e meia. Vem também com a possibilidade de emparelhar com um smartphone através de uma App específica. O seu peso é de apenas de 36 kg e a velocidade máxima de 55 km/h

Sur-Ron LB X-Series Dirt Bike

A LB X Bike da Sur-Ron é uma moto leve e versátil, muito silenciosa, que monta um controlador Sine Wave X-Controler, e material de topo com transmissão via corrente de o’rings, guiador desportivo e uma bateria de última geração da Panasonic de 60v e 31.9 ah. Com motor de 3.000W/6.000W, Com 2 modos de motor, e em modo Sport permite o carregamento sempre que descemos sem acelerar. A X Bike permite ainda que sejam instalados pedais caso assim o desejemos. Pesa apenas 47 Kg e atinge uma velocidade máxima de 32 Km/h em modo “road-legal”, e tem uma autonomia de 64 km. Rodas de 17” à frente e atrás.

Sur-Ron Storm Electric MX Dirt Bike NEW

Desta nova versão ainda se sabe muito pouco mas pelos poucos dados que temos percebemos que é uma verdadeira Dirt Bike com maior capacidade de OffRad tendo em conta que monta roda de 21” na dianteira e de 18” na traseira, dimensões que vemos habitualmente nas motos de cross e enduro. Anunciam uma velocidade máxima de 110 Km/h em modo Turbo e uma autonomia de 125 Kms e uma aceleração dos 0 aos 70 km/h em 3s.

Zero Motorcycles ZERO FX bike

Uma verdadeira dual-sport com suspensões de longo curso aptas para enfrentar qualquer tipo de terreno com dois modos de motor, Eco e Sport.  Atinge uma velocidade máxima de 137 km/h, pesa 112 Kg e tem uma autonomia de cerca de 74 Km. Motor com 3.6 Kw/h, suspensões Showa invertidas de 41mm, amortecedor Showa traseiro, ambos totalmente ajustáveis, travões com discos de 240mm assistidos por ABS Bosch e rodas com 21” na dianteira e 18” na traseira, com pneus Pirelli Scorpion, uma verdadeira moto Dual Sport.

Fonte: Motoraid