Para aqueles que, como eu, já tiveram problemas com "me

Gargamel:

Este texto é do motohead, e foi postado no ts pelo Marcos Nunes, bem legal.

Esse texto do motohead é bem legal. Se a gente modificasse algumas partes, dava até para ser parte de uma palestra pra executivos...rs..
Abração

"União de esforços com objetivo comum

Esporte é tudo de bom.
Como quase tudo nessa vida , tudo de bom , não é barato e/ou , requer compromisso e dedicação.
Em qualquer modalidade do esporte , quando se fala em alto nível , alta performance , deve-se subentender , comprometimento , disciplina e grana.
Dias atrás , li uma nota no jornal.
Determinado órgão do esporte norte americano , que trata da regulamentação das regras para natação , havia desautorizado o uso de determinado tipo de “maiô” (na verdade um traje completo) nas competições nacionais.
Motivo : o custo de tal “equipamento” , geraria disparidades , em nível de performance , entre nadadores mais abastados e menos favorecidos.
Resumindo. Mesmo na natação , que a principio é um esporte que requer equipamento quase nenhum (sunga e óculos , considerando que alguém pode até nadar pelado) o custo do equipamento pode ser determinante.
O fato é , o motociclismo , como esporte , não é barato. Mesmo considerando que “caro” é uma questão de referência.
Posto isso , é fácil imaginar que , qualquer um que queira se dar bem no esporte , em qualquer nível , vai ter que "coçar o borso".
Se dar bem , não quer dizer necessariamente ganhar títulos. Conheço caras que não acumulam títulos mas , curtem , muito , sempre e mandam muito bem.
Evidentemente , se for pra falar em títulos X grana , o céu é o limite , e todos sabemos disso.
A partir dai , não é difícil concluir que , se você é sério no esporte , tem que ter ajuda de profissionais sérios também.
No mundo dos negócios , a palavra “parceria” ganhou conotação banal , em razão do mau uso a que vem sendo submetida.
Tenho um grande amigo , guru dos negócios no meu ramo , que , referindo-se a parceria numa ocasião ressaltou: “_ Parceria? Qual? Eles entram com o pé e nos com a bunda?”
Com o “pé” , pra não dizer outra coisa , referindo-se a um determinado negócio que estávamos prestes a fechar onde o sujeito se dizia “parceiro” e nos propunha uma condição absolutamente unilateral.
Eu , ainda acredito no significado estrito do termo: união de esforços com objetivo comum.
Repare , os caras que mais criticam os “parceiros” de negócios que têm , geralmente são os mais mal atendidos e menos favorecidos no mercado.
Se você pensa em ter um profissional que “cuide” de sua motocicleta e , eventualmente dos negócios relacionados a ela , e , sabe que estes negócios normalmente envolvem cifras significativas , é primordial que esta instituição ou pessoa , seja capacitada para tanto.
Capacitada em termos técnicos e , intelectuais.
Você não pode querer que o cara seja um gênio no tocante a soluções mecânicas e , não trata-lo como tal na hora de pagar a conta.
Ou o cara finge que faz e você finge que paga (e finge que tem um equipamento decente) , ou , o cara (a instituição) faz , faz direito e cobra , cobra o justo , como você cobraria pelo seu trabalho.
Não tem segredo. Uma hora ou outra , a conta vem.
Vem na sua moto que não liga no sábado de manhã. Vem num puts prejuízo decorrente de um motor estourado por negligencia ou falta de conhecimento. Vem na desvalorização do equipamento , deteriorado pela falta de manutenção. Vem na falta de oportunidades de negócio , decorrente da falta de credibilidade entre as partes.
Você , provavelmente , não casaria com alguém cujo histórico fosse de traições. Da mesma forma , não trairia alguém com quem se relaciona , deliberadamente.
Tenho tido alguns percalços a solucionar no âmbito motociclistico. Acidentes , imprevistos e o tramite regular de manutenções periódicas e reposições.
Estas situações difíceis , têm me levado a refletir a respeito da qualidade dos profissionais com quem negocio regularmente.
Nestas horas é que se vê a credibilidade e a capacidade dos bons profissionais. Gente que conhece , sabe o que faz e reconhece também o valor do cliente.
É uma enorme satisfação poder contar com gente assim. Da mesma forma , sinto-me satisfeito em ser reconhecido como alguém com quem contar.
Sinto-me satisfeito em poder retribuir esta consideração , proporcionando novas oportunidades de negócio a todo o momento.
É uma questão lógica , não há milagres ou mistérios. Reconhecimento , cumplicidade e preferência , geram : reconhecimento , cumplicidade e preferência.

MOTOHEAD

Como Encontrar Um Bom Mecânico Par... x
Gustavo/PR:

=D> =D> =D> =D>

F_Barata:

Muito viadado esse texto...

Podia resumir em 3 palavras.
Preço, Oferta e Demanda :|

NESTOR/RS:

Muito interessante....e a mais pura realidade.... =D>

Fabrício:

Show de bola o texto...Assino em baixo tudo o q foi dito...e quem dera se realmente tudo fosse lindo assim. Poderia mudar o texto para qualquer ramo comercial. Poderia ficar assim.

"Para aqueles, como eu, tiveram problemas como caloteiros, otários, sacanas, e afins?!?!?!"

Sem entrar no mérito da questão, e longe de apontar o Garga...já q nós, da LM, é q ficamos em falta com ele...mas já q ele "generalizou"...tb vou generalizar...Vou tentar mostrar o outro lado, já isso é um fórum de moto, eu sou dono de loja de moto, e tb já tive mechânicos dentro da minha loja.
Pode parecer muito fácil agradar as pessoas...mas digo q não é.
O final do texto foi perfeito.

É uma questão lógica , não há milagres ou mistérios. Reconhecimento , cumplicidade e preferência , geram : reconhecimento , cumplicidade e preferência.
Todos nós temos falhas e buscamos acertá-las, mas será q o outro lado tb sabe disso?
Será q os clientes sabem da dificuldade q é encontrar um bom mecânico de motos hj? Será q eles sabem q por R$ 2.000,00 por mês vc arruma um mecânico, depois de muito procurar, q ainda sim te trará problemas??? Afinal, ele é humano e pode errar, e tem as falhas dele?

Falar é muito fácil...mas fazer é q complica.
Exemplo:
- E aqueles q negligenciaram na manutenção da moto, não limparam o filtro na trilha ou pista q andaram ontem a tarde...e na manhã de hj, depois de andar 1h numa estrada de chão empoeirada, a moto começou a fumar...e jogou a culpa no mecânico q limpou o filtro na semana passada, quiça, no mês passado?

- E aqueles q levam uma bomba pra vc arrumar, querem gastar uma miséria, e querem q vc deixe a moto com o mesmo desempenho e durabilidade de uma 0Km?

- E aqueles q compram de tudo pela internet, em outras lojas, mas lá, na pista, quando a moto dele dá pau, o único otário presente é vc...e ele chega de cara deslavada pedindo pra vc dar um "jeitinho" na moto dele?

- E aqueles q compram produtos, usam, mas não gostam...chegam em casa, lavam...e levam pra vc trocar pra ele?

- Quem aí não conhece um amigo q já mandou arrumar uma moto em determinada loja...e depois q a moto chegou (consertada), e ele não gostou da performance, ele acelerou moto até estourá-la??? Eu conheço vváariaaaas pessoas q já fizeram, e fazem isso. (diria que mais de 10)

- E aqueles q vão mandando fazer serviço mas não pagam...e vão fazendo, e vão fazendo...Depois de 6 meses querem q vc continue mexendo na moto dele...(vc já pagou há meses as peças q jogou lá dentro). E ái de vc se falar alguma coisa...o cara vai entrar na internet e te queima para o mundo. Manda e-mail pra toda a lista dele, e se bestar ele pagar 5000 reais pra jogar num outdoor da cidade.

- E aqueles q vc pensava ser seu amigo/cliente, q depois de comprar algo na sua loja e ter "esquecido" o talão de cheques em casa, ficar de acertar com vc no outro dia...sumir do mapa por 3 meses...E vc lá, chato, cobrando, cobrando, cobrando, até q um dia o cara chega de cara lavada e te devolve o produto q ele comprou???

- E aqueles fizeram o motor da moto na sua loja...e o óleo foi abaixando, foi abaixando, abaixando, afinal, ele pode abaixar, e depois de 4 meses, sem ele olhar o nível uma única vez, tem o motor fundido novamente. Muitos chegam em casa, colocam óleo novamente no motor, e levam na moto onde fez o serviço para reclamar. Ou será q vcs duvidam q existem gente assim???

- E os estressadinhos q querem ter a moto mais forte do mundo, super afinada, mas querem q o mecânico acerte a regulagem de primeira??? Será q eles acham q pilotos profissionais vão pra pista uma semana antes para afinar a moto a tôa??? Se fosse fácil bastaria q ele chegasse no dia da corrida, uai?!!?!?!

- Resumindo...passariamos o dia inteiro aqui falando sobre lojas FDPs, assim, como clientes FDPs...os valores estão se invertendo a cada dia. Todos querem cumplicidade, mas será q eles são cumplices? Todos querem preferência, mas será q eles dão preferência. Todos querem reconhecimento, mas será q eles reconhecem?

Como diria nosso amigo Rubens da RS1...errar todos nós erramos...o mais importante é saber q estamos tentando acertar, sem sermos desonestos, sem sermos otários, sem sermos safados...e muito cliente não vê isso, e é safado, desonesto, pilantra, otário, e etc.
Eu era um chato da vida...Exigia tudo, de todos e ao máximo, afinal, paguei por aquilo...mas depois q entrei para o comércio aprendi um pouquinho o outro lado da moeda. Não estava errado em exigir, longe disso, mas eu era um otário e não sabia...hehee...

Cliente gosta muito é de preço baixo, comodidade, pagamento facilitado, garantia eterna e total, cara linda do vendedor, moto pronta no horário q ele quer, e etc..etc...

Claro q tb existe o azar, ou mau agouro, ou sei lá o q...muitos não acreditam nisso, mas existe. Dou como exemplo dois grandes amigos/clientes do ramo, q nada fez a moto deles ser consertada, sendo q um deles é o Garga. O Garga gastou uma verdadeira fortuna lá na LM. Tudo na moto dele foi trocado, tudo, e só por coisa boa...e mesmo assim a moto não ficava redonda. Trocava, e nada. Várias vezes o Garga estava ao lado da moto dele, junto ao Fabiano, na hora de fechar o motor, e a peste do motor dava problema. Uma desgraça de moto. O Garga gastou rios de dinheiro, e nós, na tentativa de agradá-lo, tb perdemos dinheiro/tempo/amizade...mas uma coisa é certa...estávamos tentanto acertar e nunca fomos desosnestos com ele. Aconteceu, lamento, mas não choro por conta disso e peço desculpas pelos possíveis erros. Tb teve outro grande amigo q nada fez acertar a moto dele...mas o restante dos nossos outros clientes...só lamento.

Pode parecer fácil...mas não é..kkkk...Muitos vão falar..."Então feche as portas da sua loja"...eu digo q não precisa...basta ser esperto e profissional...Inclusive depois q começamos a fazer isso começamos a ganhar dinheiro. Aqui a fórmula q usamos.
Deixe as amizades "interesseiras" pra lá...Amizade no comércio não existe, uma hora ou outra, uma das partes será contrariada. Cliente tem q ser atendido por balconistas qualificados, e depois de feito o serviço encaminhe-o para o caixa. Troque tudo o q precisa na moto, caso contrário, não dê garantia. Se a moto é uma bomba, evite pegá-la. Não dê jeitinho em nada. Não aceite fiado. Fale o q o cliente precisa ouvir, se ele achar ruim, azar o dele...deixe ele ir pra concorrência, pq é certo q ele irá arrumar problema por lá tb. Ao pegar a moto dele explique o tipo de serviço e q ele pode atrasar, que vc precisa de serviços de terceiros, ou q outro problema pode atrazar a entrega. E se vc errar alguma coisa, assuma, peça desculpas, faça um agrado q ele fica quieto. Pronto.

Desculpem o desabafo, mas já q era para "unir os esforços para atingir um objetivo comum", é bom todos lerem os dois lados da moeda para não falar besteira... :wink:

Fabrício

ruanmt:

=D> =D> =D> =D> =D> =D> =D> =D> =D> =D> =D> =D>

Editado pela última vez por ruanmt em 12 Abril 2008 à53 15:32, em um total de 1 vez.
ruanmt:

=D> =D> =D> =D> =D> =D> =D>

Valentin:

=D> =D> =D> =D> =D>

Gargamel:

Bom, postei o texto por q m identifiquei com ele, não falei especificamente da LM não.

Aliás, não foi a primeira vez q reclamei sobre isso não:

http://www.lidermotos.com.br/forum/view ... hlight=180

Tbem já fui comerciante, na minha época, se o cliente quisesse algo mais barato, teria q procurar outra loja, pois o q eu vendia era o melhor.

O motivo q me levou a largar foi exatamente o aparecimento no mercado de produtos d péssima qualidade e preço barato, e o fato d compararem eles com os meus. Hj inclusive, o meu antigo mercado se nivelou por baixo.

Antes d mudar minha toda minha vida, eu já estava deixando o comércio e atuava somente prestando serviços, sem vender mais nada, e os meus preços eram inegociáveis, cheguei ao ponto d escolher cliente e não o contrátio.

Por isso eu nuuunca peço desconto em serviço, sei q quem tem q dar o preço do serviço é o prestador e não cliente, pois existem prestadores pra todos os " bolsos e serviços".

Agora, o q eu pago pra fazer, exijo q seja bem feito, e tem q m tratar bem, pois não aceito m jogarem no balaio dos maus pagadores, enroladores e etc...

Claro q tb existe o azar, ou mau agouro, ou sei lá o q...muitos não acreditam nisso, mas existe. Dou como exemplo dois grandes amigos/clientes do ramo, q nada fez a moto deles ser consertada, sendo q um deles é o Garga. O Garga gastou uma verdadeira fortuna lá na LM. Tudo na moto dele foi trocado, tudo, e só por coisa boa...e mesmo assim a moto não ficava redonda. Trocava, e nada. Várias vezes o Garga estava ao lado da moto dele, junto ao Fabiano, na hora de fechar o motor, e a peste do motor dava problema. Uma desgraça de moto. O Garga gastou rios de dinheiro, e nós, na tentativa de agradá-lo, tb perdemos dinheiro/tempo/amizade...mas uma coisa é certa...estávamos tentanto acertar e nunca fomos desosnestos com ele. Aconteceu, lamento, mas não choro por conta disso e peço desculpas pelos possíveis erros. Tb teve outro grande amigo q nada fez acertar a moto dele...mas o restante dos nossos outros clientes...só lamento.
Já lamentei muito tbem.

elcio_of:

Sou mecânico na linha automotiva e concordo com o Fabrício meus amigos quando levam serviço na minha oficina são clientes e são atendidos da mesma maneira que outros clientes orçamentos garantias pagamentos são feitos com a caixa e ela sabe as regas e pronto assim mantemos nossa amizade .
Quanto a preparação eu acredito que isso é uma arte de detalhes e conhecimento técnico e por isso não segue valores de tabela até mesmo porque um preparador é e pode fazer serviço de mecânico mas um mecânico nem sempre tem perfil para preparador.
Quanto a tempo , deixe sua moto no preparador pergunte qual as opções que ele oferece escolha a que lê agrada dei o telefone para ele ligar quando estiver pronta vá para casa e espere ele ligar certamente vc terá uma serviço perfeito.

henriquejensen:

Concordo com cada palavra que o fabricio disse.
Eu trabalho num ramo muito fróids, cartuchos para impressoras e informática, olha, vou te dizer, tem que ter muita....mas muita paciência e não deixar o stress tomar conta da sua vida por causa de alguns clientes FDP.

F_Barata:

Eu nunca ofereci serviços, só vendas sendo assim muito mais fácil escolher clientes, e vice-versa. Não gostou do preço, ele nem aparece, e se o cliente quiser trocar algo, mesmo vc sabendo que não tem defeito, troca-se assim mesmo e o cara nao tem coragem de voltar com a mesma conversa...

Agora serviços são complicados, o cliente em sua maioria quer pagar e receber o treco funcionando, ou pelo menos ter um suporte depois. Tem lojas que enrolam mesmo, aceitam serviços mais caros na frente, ainda mais se nesse caso o cliente mais simples for um amigo...

Cliente sonso tb existe aos montes, sem saber o que pode fazer um motor bater, acha que pq vc trocou a bateria e o motor bateu é culpa da loja que não fez uma avaliação correta e bla bla... Por isso que o velho ditado serve nesse caso, "antes mexer com animal, do que com gente" ou coisa difícil... hehehe

NESTOR/RS:

O Texto do Garga está muito bom....e tbém reconheço que o Fabrício mandou bem...

..."Então feche as portas da sua loja"...eu digo q não precisa...basta ser esperto e profissional...Inclusive depois q começamos a fazer isso começamos a ganhar dinheiro. Aqui a fórmula q usamos.
Deixe as amizades "interesseiras" pra lá...
=D> =D> =D>

Tópicos Semelhantes
Respostas