Motor 2T engasgando por excesso de oleo.

jjacob:

Tudo bem pessoal, bem tenho uma kdx220 para trilha, uso nela gasolina comun com 15ml de oleo motul 710 por litro de combustivel, uso uma vela de grau 9 e os gicles são de tamanhos originais, o consumo esta em 8km/L. Não sou aquele trilheiro que anda com o punho virado o tempo todo pois em estradas e deslocamentos dou um descanso pro motor e ando com uma rotação mais baixa, hoje uso pinhão 13 e coroa 47.

Bem o problema é que sempre depois de um deslocamento em baixa rotação ou um tempo com a moto parada na lenta o motor engasga nas proximas asceleradas por execesso de oleo 2T, chega a pingar oleo ali onde a curva vai ligada ao cilindro e tambem na ponta da pontera fica molhado, dai tenho que segurar o giro mais alto para o motor limpar e voltar a ascelerar normalmente. Isso tem me incomodado pois no final de semana passado estava puxando uma trilha e tive que esperar alguns roias, logo depois de arrancar tinha um tronco e no que acelerei para levantar a frente a moto engasgou e a frente não subiu e acabei batendo de frente no tronco, eu fiquei bravo mas os outros trilheiro pelo menos riram!

Conversando com mecânicos montei o diagnostico que isso é mistura rica e que o cilindro não estaria esquentando o suficiente, inclusive me sugeriram colocar uma valvula termostatica nas mangeiras do liquido de refrigeração. Mas a kdx esta otima, liga facil, tem uma excelente retomada, consumo esta normal para uma 2T.

Então pergunto para os colegas da gangue das 2T o que poderia fazer para terminar com esses engasgos devido ao excesso de 2T?

Selvagem:

Jjacob, sua moto não esta com a mistura rica devido ao excesso de óleo! O que esta causando o excesso e por consequencia a "babação" de óleo na ponteira é uma carburação "gorda". Em 1º lugar, começa trocando a lã de vidro da ponteira, que é muito importante nas 2T. Vela de grau 9 acho um tanto quento fria para o uso que tu faz da moto. Verifica em qual estagio tua moto esta "gorda", se é na baixa, média ou na alta. Pelo que tu conta, começa verificando o giclê de baixa e posição da agulha. Não te baseia no manual, pois a nossa gasolina é muito diferente. Outra coisa a ser verificada são as palhetas, se estiverem ruins também da excesso na mistura.
A porcentagem de óleo esta ok para o óleo que tu usa.

Rafael Corretor:

Sei não, mas 15 de motul, acho muito, se não me engano 8 ja é bastante.

rallyman:

Rafael Corretor escreveu:Sei não, mas 15 de motul, acho muito, se não me engano 8 ja é bastante.
A quantidade está ok....
E a cor da vela como está?

Quem sabe é só abrir um pouco a regulagem do ar...

puera26:

pra mim ja aconteceu isso mas foi por misturar oleo a mais mesmo no tanque, mas pela medida que tu passou acredito ta certo, eu uso na minha o castrol actevo e coloco 20ml litro, ja me disseram que é bastante mas ela nao pinga nem embrulha nada...
agora diz uma coisa ela começou a fazer isso do nada ou foi mechido em alguma coisa?
isso de nao estar esquentando em baixa acho dificil, se fosse ao contrario ate tudo bem mas 2t pelo menos a minha esquenta muito mais em baixa...
meche na agulha, ar e depois gicle de baixa, mas acredito que apenas no ar tu vai resolver.
tira a vela e ve a cor dela e confere com aquele topico acho que foi o Elton que postou.

aaa ja ia me esquecendo tem certeza que é oleo que ta pingando ne? quando eu tinha a rmx eu lavei ela sem a tampa da ponteira, entrou agua no cano e essa agua parecia muito oleo quando saiu, e ficou pingando um tempo..

NESTOR/RS:

Minha experiência com 2T remonta ao anos de ouro das Agrales...e só.
Mas ao menos naquela época, vela 9 nelas aqui no RS durante o inverno, acontecia exatamente isso ai.
Com as velas 8 - no inverno - o problema acabava.
Então eu usava 8 no inverno e 9 no verão.

É claro que tem que conferir, antes de tudo, o estado da vela para ter idéia da carburação.
Num retão, gás aberto e em última marcha desligue o motor...e sem ligá-lo novamente retire a vela e confira a côr:
Marrom café com leite = mistura Ok.
Esbranquiçada = mistura pobre.
Preta = mistura rica.
Se a mistura estiver Ok, creio que o problema seja mesmo o grau térmico da vela para a nossa temperatura de inverno aqui no RS.

Juliano:

Estou com o Selvagem, vela muito fria e mistura ar-combustível gorda. A porcentagem de óleo está correta, 2%.


Na minha antiga DT, quando começava a apresentar esse sintoma, era problema na agulha. A agulha acabava gastando e "afinava". Se eu diminuia o giclê de alta, dava falta nos retões.



Quando você anda muito tempo em baixa ela vai na boa, mas quando você vai subir o giro é aquele fumaceiro e a moto começa a embolar, depois de umas boas aceleradas a moto limpa e vai embora na alta.


Tenta abaixar 1 ponto a agulha, e vê o estado da agulha, se ela está linear ou se está apresentando algum rebaixo no meio do curso.

carara:

também estou com o Selvagem.....começa trocando a vela!
a mistura está ok! é a mesma que eu uso na GG e o mesmo óleo!

Predador:

Não esqueça que a giclagem pode estar certa mas se o nível da boia estiver errado ou a agulha ruim toda a regulagem fica errada.

rallyman:

Depois de tudo que foi falado.
Em ultimos casos, tambem pode ser problema em um dos retentores do virabrequim.

Selvagem:

rallyman escreveu:Depois de tudo que foi falado.
Em ultimos casos, tambem pode ser problema em um dos retentores do virabrequim.
Se fosse o retentor do virabrequim do lado do magneto, a mistura ficaria pobre, e se fosse do outro lado queimaria o óleo da caixa junto, o que seria facilmente percebido.

jjacob:

Valeu pelas dicas pessoal, a vela dela fica levemente preta e os engasgos sempre ocorrem em media e alta, os retentores do virabrequim estão Ok pois já conferi eles em uma manutenção anterior. Vou nesse final de semana conferir o nivel de combustivel e posição da agulha, pois final de semana que vem (dia 22) tem passeio em Ivoti e quero a moto afinada! Vou tirar fotos e posto aqui os resultados que obtive.

cascao:

1) vela grau 8
2) mandar a moto em um BOM mecânico para fazer carburação. 8km/h é pouco. Deve ter algo errado ai.

zambapower:

Cara regula bem esta mistura empobrece , pois pelo que sei excesso de mistura lava o cilindro e faz com que nao lubrifique bem a 2T , um sintoma que o motor ta trabalhando frio e a fumaca espessa , quando a mistura ta correta a 2 tempos com motor quente nao produz quase fumaca
Mesmo se utilizando 30:1 que seria 35 ml por litro e tinha amigo que usava isso de motul 800 , a moto dele nao fazia fumaca mesmo assim por que mistura estava correta o cilindro ficava na temperatura adequada !

GELOUS:

Polemico! 3,5% e não fazer fumaça eh tenso.

Mistura gorda lavar o cilindro e não lubrificar também eh polemico!

Rafael Corretor:

35ml de motul é a mesma coisa que rasgar dinheiro!

Matsui:

mosss eu uso 1% e a lambreta ainda sai fumaca so para quando ta quase fervendo! rindo2:: rindo2:: rindo2::

jjacob:

Esses sintomas começaram depois que desentortei as aletas dos radiadores da KDX. Correto zamba cilindo frio não deixa vaporizar e queimar o oleo 2T que sobra.

Esse lance da quantia de oleo é polemico! O negocio na minha opinião é que o oleo entra com a gasolina e adere nas paredes do cilindro, mas para isso o a mistura de oleo+gas precisa se chocar contra as paredes, mas como nem toda a mistura faz isso uma parte do oleo acaba queimando e indo embora pelo escapamento. Então não importa quanto de oleo esteja usando, o importante é que sempre esteja saindo um pouquinho de fumaça pois dai é sinal que ta sobrando um poquinho de oleo.

rallyman:

Uma vez o elton postou aqui... uma curiosidade.

A forma correta de saber se esta usando a quantidade suficiente ou nao de oleo 2t seria: retirando o cilindro e vericando a quantidade de oleo que fica ali banhando a região inferior da biela.

Pode não ser o modo mais facil, mas acredito que é a meneira mais correta...
só não lembro exatamente a quantidade ideal que deve estar acumulada naquela região.... doeu::

Gustavo/PR:

não sei se foi no mesmo post, mas acho que também o elton, postou um artigo dizendo que óleo 2t, quanto menos, mais a moto anda! E que não adiantava nada entupir o motor com óleo!