Taxa de compressão

pdalazoana:

Comprei o kit 340 Pro-x mas o mesmo não vem com a junta do cabeçote :shock: Estava a calcular a espessura da nova junta pra calcular a taxa nova segue:

- Tornado original : Pistão d=73mm A=41.85cm²
- Rc(Taxa de compressão) = 9.3 (dados técnicos)
- Rc=(C+V)/V onde C= cilindrada e V= volume da camara de combustão
- C=249cc
- Curso do vira=5.95cm

logo 9.3=(249+V)/V --> V=30cm³ camara de combustão

Pistão 85mm (Pro-X)
- A=56.75cm²
- C=56.75*5.95 = 337.6cc

- para uma taxa de 10,5:1

- esp. junta original= 0,75mm

Rc=(C+V)/V logo 10,5=(337.6+V)/V --> V=35,54cm²

Como não alteramos o volume da camara temos uma diferença de volumes

35,54-30= 5,54cm²

logo temos que compensar esta diferença através da junta

V=A*h
5.54=56.75*h logo h=0,097cm ou 0,97mm arredondando 1mm

concluindo ufa!!!

precisamos de 1mm a mais de altura para compensar o aumento de volume para a taxa de 10,5:1

então espessura da nova junta =0,75 +1 --> 1,75MM

Pessoal deem uma olhada e comentem. Desculpem se fiz alguma coisa errado mas a intenção é de contribuir. Um abraço...

Fernando PF:

Certo.... os cálculos estão corretos, mas o pistão não vem com rebaixo interno?? se não vem eu preferiria fazer o rebaixo de 1mm no pistão do que aumentar a junta que causa adiantamento dos comandos... não tem como colocar uma foto do pistão aí pra gente ver???

pdalazoana:

Poi é Fernando..... o Pistão ja vem com a cabeça rebaixada, mas acho que para deixar o topo do pistão alinhado com o topo do cilindro. Possui tambem as cavas das válvulas mas em posições diferentes das do original. Não estou com o pistão aqui, devo pega-lo na retífica na quinta à tarde e se conseguir uma máquina digital posto uma foto dele na sexta. Agora explica melhor esta história de adiantar o ponto.... Um abraço

Fernando PF:

Monta o kit assim mesmo, a princípio, se ele foi feito para a tornado, deveria ser montado como o kit wiseco, somente com as juntas originais. Monte com uma junta só do cilindro (a de baixo) e a junta original do cabeçote (tem que abrir ela), se o pistão é plano (sem rebaixo no centro) e ficar alinhado com o cilindro aí é motivo de preocupação, pois a taxa irá passar dos 12:1, então faça um rebaixo no centro, ou melhor, do centro para fora, porém sem mexer na borda (observe os pistões de AP a gasolina), assim a borda continua igual, sem perder o reforço. Vale a pena perder algumas horas a mais para montar assim, já com esse rebaixo no centro ajuda às válvulas para não benzerem o pistão.

Quanto ao negócio de adiantar o comando... é que sou chato demais para montar motor...hehehe, quando vc eleva o cabeçote com o auxílio de juntas, este então faz com que a parte da tração da corrente de comando puxe os comandos no sentido horário, isso deve girá-los pelos meus cálculos em torno de 2º, háquem diga que esse valor talvez não afete no desempenho, eu digo que muda, talvez só um dino para mostrar isso realmente, talvez melhore, talvez piore, dependendo da preparação, então prefiro deixar como estava. :lol:

henriquejensen:

bah....só tem profissa nesse fórum =D>

pdalazoana:

Caraca PF.... , acho que não rola rebaixar o centro do pistão pois ai ficaria muito fina a parte superior do mesmo. Acho, digo acho ainda, pois não confirmei a medida da biela original mas o mesmo foi concebido para a mesma altura do original, sendo necessário junta mais espessa. Conheço um dos responsáveis pelo desenvolvimento do kit Pro-X, o cara trabalha na Brasil Racing (não é jaba galera!!!) e as montagens de testes foram feitas com as juntas de mesma espessura do kit 330.

GELOUS:

Aproveitando o tópico, tenho algumas dúvidas em relação à taxa de compressão! Qual a taxa mais alta possível que dá pra continuar usando gasolina comum sem que ocorra pré-detonação? Quero rebaixar o cabeçote da DTzinha e queria saber como faço pra chegar a um número cabalístico de mm que posso retirar pra obter a taxa desejada? Mais uma coisa, o ganho é em alta ou em baixa ou é em todos os regimes?

whoshiley:

Booooooooooa Gelous.
sempre quis saber como se faz esses calculos tbm.
hehehe

pdalazoana:

Caraca PF.... , acho que não rola rebaixar o centro do pistão pois ai ficaria muito fina a parte superior do mesmo. Acho, digo acho ainda, pois não confirmei a medida da biela original mas o mesmo foi concebido para a mesma altura do original, sendo necessário junta mais espessa. Conheço um dos responsáveis pelo desenvolvimento do kit Pro-X, o cara trabalha na Brasil Racing (não é jaba galera!!!) e as montagens de testes foram feitas com as juntas de mesma espessura do kit 330.

GELOUS:

pdalazoana escreveu:Caraca PF.... , acho que não rola rebaixar o centro do pistão pois ai ficaria muito fina a parte superior do mesmo. Acho, digo acho ainda, pois não confirmei a medida da biela original mas o mesmo foi concebido para a mesma altura do original, sendo necessário junta mais espessa. Conheço um dos responsáveis pelo desenvolvimento do kit Pro-X, o cara trabalha na Brasil Racing (não é jaba galera!!!) e as montagens de testes foram feitas com as juntas de mesma espessura do kit 330.
C cherou cola? Tá repetindo isso, he, he, he! :lol:

pdalazoana:

Pois é ....deu que a pagina "espirooUU" e atualizei e deu issoo....

pdalazoana:

Gelous confirma pra mim a medida do pistão da Dt acho que é 68mm?

pdalazoana:

AAhhh precisaria saber qual a taxa original de fábrica....

Fernando PF:

Bom, sendo curto e grosso rsrsrs: se o kit foi "desenvolvido" a montagem deveria ser feita sem a adição de juntas, ou seja, quando vc's viram um motor na fábrica ser montado com duas juntas para poder funcionar???? Já se quem "idealizou"o kit com o uso de juntas adicionais, este não fez mais nada que uma adaptação de peças disponíveis no mercado.... nem sei pq disse isso, acho que era só pra complicar mesmo....
Confirma todas as medidas aí, da biela para ver o que acontece. Quanto ao rebaixo do pistão acho que não teria tanta interferência na durabilidade ou risco de quebra, pois a taxa não é exagerada, mas teria que medir qual a espessura da cabeça do pistão, se for uns 6mm, deixar com 5 não teria problemas.

Gelouca :lol: , sua pergunta é difícil de responder, hj as motos importadas já usam cerca de 14:1 de taxa, rodando a gasolina (claro que não da nossa), mas vem para cá e apenas sofrem acerto na carburação e rodam tranquilo.. Mas são motores forjados, extremamente refrigerados e com uma ótima ignição, o que não os deixa "grilarem" e aumenta sua eficiência. Já nas nossas nacionais, onde o pistãozinho é no máximo hiperteutico, os fabricantes utilizam no máximo 10,5:1 (na YBR, foi o máximo que vi das nacionais), onde então a honda fica para baixo dos 10:1. Os fabricantes levam tudo em conta, a refrigeração, a utilização e o combustível, que gera carbonização na cabeça do pistão, esta que fica com até 1mm de altura, já então aumentando a taxa e prejudicando a queima, ou seja só um doente mental consegue quebrar um motor original :lol: Acima de 10,5:1 para um pistão comum, SEM MEXER NA IGNIÇÃO, com o cabo enrolado e a temperatura lá em cima eu acho arriscado, mas geralmente é a partir desta taxa que o treco começa a dar diferença mesmo. Os motores GM VHC sofreram uma excelente evolução com o aumento da taxa (12.6:1), com pistões "comuns" mas com uma excelente injeção, com sensores de detonação e tudo mais, gerando 80cv em um 1.0 8V, mas há quem no começo enfrentou problemas com desgaste prematuro dos anéis e pistão, já que o acerto ainda estava sendo feito nas maos dos consumidores. Os motores são máquinas térmicas, funcionam melhor com maior temperatura, o aumento da taxa gera maior temperatura na câmara, comprime mais a mistura, gerando uma queima mais rápida(velocidade da queima maior) e com mais caloria, gerando maior trabalho e obtendo um melhor rendimento em todas as faixas de rotações, podendo-se ainda tirar melhores proveitos de comandos de válvulas com cruzamento maior, onde o tempo em que as válvulas ficam fechadas por menos tempo e proporcionam maior ganho em alta.... etc. etc. etc..dá pra escrever um livro sobre isso. :mrgreen:
Abraços

Gustavo/PR:

=D>

MoLoToV:

GELOUS escreveu:Aproveitando o tópico, tenho algumas dúvidas em relação à taxa de compressão! Qual a taxa mais alta possível que dá pra continuar usando gasolina comum sem que ocorra pré-detonação? Quero rebaixar o cabeçote da DTzinha e queria saber como faço pra chegar a um número cabalístico de mm que posso retirar pra obter a taxa desejada? Mais uma coisa, o ganho é em alta ou em baixa ou é em todos os regimes?
Quanto mais taxa, mais baixa e menos alta, claro que com certo limite né !
Quanto a taxa, na dt nao é bom colocar mto, a bixa vai ferver mto facil, o correto e dar uma taxada de 1mm no max, mas mudar o desenho da camara de combustao !

NESTOR/RS:

Não digo....nosso engenheiro, é mais criativo do que os engenheiros dos outros!!!!!! :lol: :lol:
=D> =D> =D> =D> =D> =D> =D> =D>

Predador:

Gelous, o diâmetro do pistão da DT é 57mm e a taxa é 5,7 porém.... essa taxa é variável porque quando o Y está fechado ela se altera pra mais já que no 2T ela não depende do curso, depende da altura em que a janela de escape se fecha

Predador:

MoLoToV escreveu:
GELOUS escreveu:Aproveitando o tópico, tenho algumas dúvidas em relação à taxa de compressão! Qual a taxa mais alta possível que dá pra continuar usando gasolina comum sem que ocorra pré-detonação? Quero rebaixar o cabeçote da DTzinha e queria saber como faço pra chegar a um número cabalístico de mm que posso retirar pra obter a taxa desejada? Mais uma coisa, o ganho é em alta ou em baixa ou é em todos os regimes?
Quanto mais taxa, mais baixa e menos alta, claro que com certo limite né !
Quanto a taxa, na dt nao é bom colocar mto, a bixa vai ferver mto facil, o correto e dar uma taxada de 1mm no max, mas mudar o desenho da camara de combustao !
Isso de + taxa piorar em alta não pareçe ter muita lógica, as motos 2T de competição tem bem mais taxa que uma DT e são feitas para funcionar em giro + alto

Fernando PF:

O aumento da taxa melhora em todas as rotações, o problema de não obter um ganho tão esperado em alta, relacionando com o ganho de baixa não é por causa do aumento da taxa, e sim pelo ajuste do ponto de ignição em alta para a nova taxa, ou seja, quer taxar, dê jeito em uma boa ignição.