Independência 2011

cascao:

4 dias
Largada BH chegada em Mariana. joia:::
de 07 a 10 de setembro rindo3::
Inscrição R$600+150 do GPS buaa::

Como BH está a uns 150km de mariana e a prova terá uns 800km mais ou menos, acredito que teremos a versão desse ano com recorde na quantidade de trilhas.

Rafael Corretor:

O independência é uma prova já consagrada, é um sonho, eu era guri e lia na duas rodas as matérias do Independência.

Muito fróids mesmo.

dfpf:

cascao escreveu:acredito que teremos a versão desse ano com recorde na quantidade de trilhas.
Provavelmente recorde de trilhas e de pedras também. E se o TCMG quiser, pode ser uma das provas mais duras dos últimos anos....

cascao:

dfpf escreveu:
cascao escreveu:acredito que teremos a versão desse ano com recorde na quantidade de trilhas.
Provavelmente recorde de trilhas e de pedras também. E se o TCMG quiser, pode ser uma das provas mais duras dos últimos anos....
ahh, tomara caveira:: igual ano passado na região de são tomé das letras. Separou quem é bom de roteiro e doido de quem é bom de trilha e de roteiro

Zenha:

cascao escreveu:
dfpf escreveu:
cascao escreveu:acredito que teremos a versão desse ano com recorde na quantidade de trilhas.
Provavelmente recorde de trilhas e de pedras também. E se o TCMG quiser, pode ser uma das provas mais duras dos últimos anos....
ahh, tomara caveira:: igual ano passado na região de são tomé das letras. Separou quem é bom de roteiro e doido de quem é bom de trilha e de roteiro

Sao Tome para mim é o paraiso na terra , fiz um brasileiro FIM la que a especial largava quase dentro da cidade e subia uns degraus de pedra muito escrotos e descia do outro lado, maravilha lindo , mas se tivesse outra volta eu dançava , na ultima volta quebrei a carcaça do motor da WR 250 F.


To querendo ir neste EI , não é muito minha praia , mas eu nunca andei em BH e Regiaõ acho que vai ser uma oportunidade unica de trilhar na região , independente de resultados ...

Vidigal:

independencia é du caralh*!! ja corri em 2008 e só nao corri mais porque to sem moto, mas com certeza voltarei a correr...
esse ano com certeza vai ser pesado, o tcmg vai aproveitar todas as trilhas que conseguir da regiao!!
elton, uma pessoa só de apoio da, num esquema assim vc gasta uns 3 conto.. cadastro na cbm se vc nao tiver faz na hora, e a primeira acho que é 40 conto... aceitam qualquer moto, de 125 de cross a ktm 530 (mesmo a federacao dizendo que não e etc, nunca vi barrar)... as categorias nao sao assim, são: master>senior>junior>novato, ai tem tb as overs (40 e 50), feminina, duplas.. quando eu fui, foi só eu e meu pai em uma saveiro, reservamos tudo antes e não levei tantas peças assim nao, levei um filtro a mais, oleo pra trocar da moto, querosene (em um balde fechado para lavar o filtro, tipo aquela caixa do gelous) e acho que só! nao precisa levar peças assim nao, tem muitos furgoes de loja de moto acompanhando prova, lotados de peças!!

cascao:

Elton escreveu:Cascão me diga uma coisa, quais as condiçoes pra uma pessoa participar desta prova.
Por exemplo, uma pessoa ou duas de suporte, alguns mil reais em peças, cadastro CBM?
tipos de moto aceitas? tem bastante categorias (pró , médio, cidade?)?
Você vai precisar de:
Uma moto bem revisada.
Um carinha bom de volante que não vai empolgar e acelerar de mais na estrada e que saiba fazer o básico de manutenção na moto.
Uma camionete ou um carro com carretinha. (revisar o carro)
Leve as ferramentas que você normalmente usa em casa e as peças velhas que ainda servem e que você talvez tenha ai. (manete quebrado, pedal de marcha e guidon torto vela velha etc) O mais provável é que não precise de nada.
A manutenção básica todo dia é conferir o aperto dos parafusos, limpar filtro de ar e correr o olho nas gatinhas da cidade, ops quero dizer na pastilha de freio e na corrente.

se descolar um amigo para dividir as despesas de gasolina e apoio melhor ainda.
As categorias são divididas em função da experiência do piloto e não em função da moto. quanto mais experiente, maior a velocidade média ::evil:: tem categorias de duplas.

O equipamento de navegação é para quem quer competir. Se vai só andar de moto, relaxa.

dfpf:

Fiz os últimos 3 EI (2008/2009/2010). Sempre fui com mais um piloto e um apoio para os dois. Isto funciona quando os dois pilotos são da mesma categoria, pois as passagens pelos neutros são em horários próximos, e nem sempre os neutros tem posto de combustível. Esse esquema barateia muito, pois o quarto é triplo e as despesas do apoio são rateadas por dois. Melhor ainda quando este apoio é um treiero amigo seu que conhece de moto e te ajuda na manutenção ao final do dia.

Programando com antecedência, dá pra fazer a prova com pouco mais de R$ 2 mil. Quanto a peças, nunca levei nada. Apenas um filtro reserva pra facilitar a manutenção ao final de cada dia. Normalmente tem duas lojas aqui de BH (Motostreet e Terramotos) que acompanham todo o percurso com uma VAN abarrotada de peças.

Mecânico, em uma hora de aperto, vc acaba achando algum que topa fazer um por fora e te ajudar. Em 2008 perdi a pedaleira da moto. Achei uma oficina de moto em Mariana e o cara improvisou uma pedaleira de DT em minha CRF 250X. Se ficou bom? Ficou não, mas consegui fazer o último dia tranquilo.

E meu conselho pra quem nunca fez esta prova é o seguinte. FAÇA!! É ducaralho!! E se tem medo de ir sozinho, arrume um comparsa e vá na categoria de duplas. Te dará mais segurança!! E venha com o preparo físico em dia, pois vai precisar dele.

No primeiro dia é tudo uma maravilha, muita ansiedade e tudo é só alegria. No segundo vc tá animado ainda, mas já está sentido os efeitos de um dia puxado, mas vai bem. No terceiro quando vc acorda à 6hs da manhã, com o corpo todo doído. Não aguenta nem abaixar pra calçar a meia, olha para o capacete com aquele fedô de cachorro molhado, ve sua bota com barro pra tudo quanto é lado é phoda!! Mas já no quarto e último dia a alegria se renova. É o último e vc está próximo de completar o seu sonho de fazer umas das provas mais badaladas do Brasil, o Enduro da Independência!! Aquela lata retorcida que colocam em seu pescoço ao final do último dia, apelidade de Medalha, vale 100 vezes mais que qualquer valor que ela tenha custado. E é nessa hora que vc esquece os tombos, as dores no corpo, o dinheiro gasto e pensa "Ano que vem eu volto novamente!!"

Zenha:

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKk vazou o video da reunião do TCMG para o Independencia , kkkkkkkk

http://chevismo.com/h/40364" target="_blank

cascao:

Zenha escreveu:KKKKKKKKKKKKKKKKKKKk vazou o video da reunião do TCMG para o Independencia , kkkkkkkk

http://chevismo.com/h/40364" target="_blank
Copiei do Elton rindo3::

Rafael Corretor:

Eu usei também para sacanear o pessoal na imobiliaria.

Foi muito massa

cascao:

Vídeos dos dois primeiros dias de levantamento





Frio::

azullin:

Valew Cascão belas imagens, esse segundo video deu uma vontade de andar nessas trilhas!

Bruto:

E ai Elton Blz pura????

Rapaziada nunca tinha andado em Mg....e acebei de voltar do Ibitipoca...aquilo foi du Baralho da asa de bom.

Minha pergunta é....o Independencia será tipo o 1º dia do Ibitipoca????

Estou muito afim de ir este ano p/ Independencia...venha p/ Sp Elton e vamos juntos.

Abs.

dfpf:

Bruto

Nunca fiz o Ibitipoca, mas já fiz 3 independências. Tenho um amigo que foi campeão mineiro agora na ultima etapa do mineiro que foi justamente o Ibitipoca. E ele já fez o EI ano passado. Conversei com ele ontem e ele me disse que achou o Ibitipoca 2011 mais organizado que o EI 2010 que ele correu. Achou que a organização tem mais cuidado em detalhes que facilitam a vida do competidor. Apesar do que a logistica do IOR é muito mais simples que um EI. Segundo ele o Ibitipoca é mais pesado que o EI, com trlhas mais duras e médias mais altas, lembrando novamente que a comparação dele é do EI 2010 com o IOR 2011.

Eu faço então duas observações:
1 - Dentre os 3 EI que corri (2008/2009/2010) o do ano passado foi o mais puxado. Os intervalos de largada eram de 20 segundos, a poeira era grande e a média estava mais puxada que nos anos anteriores. Então se ele achou o IOR mais duro, é sinal que é mais puxado mesmo. Mas vale lembrar que o EI são 4 dias e não dois como o Ibitipoca. Então se o EI fossem 4 dias pesados, muitos não aguentariam. Mas pelos videos que já assisti do levantamento deste ano, algumas trilhas colocadas no trajeto são tradicionais na nossa região e mais puxadas, sem contar que a nossa região tem muita trilha, o que propicia um trajeto sem muito estradão.
2 - Certa vez, conversando com um dos diretores do TCMG ele me falou que a definição da média de velocidade da prova é que determina a quantidade de braços e pernas quebradas dos pilotos. Média alta = muitos acidentes. Média baixa = poucos acidentes = prova chata. Então a maior dificuladade é determinar a média ideal, que sirva para avaliar a qualidade de navegação e pilotagem do competidor sem colocar sua integridade física em risco. No EI do ano passado eu vi muito neguinho machucado, inclusive dois que caíram em um abismo de 20 ou 30 metros de altura. No IOR deste ano fiquei sabendo de muitos acidentes também, inclusive um amigo que arrebentou seu joelho.

Mas se eu fosse vc, eu viria. Pelo que conheço das trilhas da região vc não vai se arrepender!!

Bruto:

Valeu Dalton....eu fui na Jr e a media era alta mesmo....como sou de Sp...as trilhas aq perto das de vcs são mamão...aq a trilha é mais aberta e admite erro....as de vcs não....estas trilhas de vacas "facão" é fróids de andar p/ quem não está acostumado....rs, no 2º dia já estava muito melhor.

Sobre o Ibitipoca aquilo ali p/ mim foi td perfeito...organização, trilhas, motos, as mineiras...rs

Oq me fudeu muito foi um rola bem no começo....uma subida lisa e eu cai acelerando....fazia muito tempo q não caia assim....bati muito forte o joelho, quadril, cotovelo e ombros....muita dor más segui em frente, chequei e achei q não conseguiria largar no outro dia...más com os remedinhos estava bem melhor no outro dia....más enduro é fróids...no sabado estava zuado más andando mais devagar não me perdi muito....agora no domingo já me perdi até do deslocamento inicial p/ chegar na trilha..já sai atrasado e o começo foi só trilha....ali não tirava nada....para ter uma ideia....uma conta besta q fiz nas estradinhas a cada 1km tirava + - 10 a 15 seg....se tivesse 3 km de estrada entre uma trilha e outra era muito...em uma parte encontrei a Sabrina Katana estava atras dela em uma subida com cavas e não dava para ultrapassar ai ela deu uma encostada em uma cerca e eu passei , más na cerca era entrar a direita para contornar o pasto e eu desci direto uns 3 km de descida ruim ....chegando la em baixo um Sr. falou q estava errado e quando olho para tras ela estava vindo atras de mim tb....kkkk tivemos q subir td de novo...quando chequei lá em cima e acertei o totem já estava com 15 min...ferrei a mina!!!!

cascao:

ela tava meio perdida e abriu para você mostrar o caminho para ela....
você viu que ela vinha atrás e pensou que estava certo. Aproveitou para acelerar e tirar o atraso.

Enduro é froids...

Bruto:

E vcs ai de BH....as trilhas são muito fodas...qual comparação com o Ibitipoca?

Abs.

dfpf:

Bruto, aqui tem trilha de todo jeito e todos os gostos. O grau de dificuldade vai depender das trilhas que form escolhidas e da media imposta. Acho que o tcmg vai fazer um enduro duro mas sem excessos. Eles gostam de ver todo mundo completando a prova. O cara sair do rio grande do sul e vir a MG e não conseguir fazer toda a prova é sacanagem. Sao em media 400 pilotos e a grande maioria vem pra conhecer e realizar um sonho, sendo que poucos tem condiçao efetiva de ganhar. Mas pode vir que vc vai gostar. Te garanto

Bruto:

Teoricamente então vcs acham q o Independencia será mais light do que o Ibitipoca???