Motocross das Nações 2019 – Classificatórias – Assen – Holanda

Motocross das Nações 2019 – Classificatórias – Assen – Holanda


As classificatórias da 73ª edição do Motocross das Nações rolaram neste sábado, no circuito montado no Autódromo de Assen, também conhecido como o templo da motovelocidade. Tirar o evento mais importante e tradicional do motocross mundial de seu habitat natural e leva-lo ao ambiente pavimentado tem seus altos e baixos.


Largada MX2

Certamente a infraestrutura do autódromo facilita uma pouco o trabalho das equipes e imprensa, porém perde-se um pouco daquele sabor do motocross tradicional. Do lado do público também temos dois pontos, a localidade mais “urbana” ajuda a atrair o fã eventual. Já o fã raiz, aposto, prefere “respirar a poeira”, sujar o tênis na terra e se aproximar mais da ação. Tirando esses detalhes de lado, as provas em Assen tem um diferencial fundamental dos demais eventos pasteurizados: a pista de areia “holandesa”, similar as areias de praias. Bem fofa, transforma um lay-out quase insosso num desavio bem interessante aos pilotos e público.

Choveu bastante durante o dia e a previsão era de mais chuva à noite. Entretanto a areia deu conta de drenar a água durante as provas e, acredito, amanhã, onde a previsão e de mais chuva – num volume menor que o de hoje – as condições de provas serão razoavelmente boas.

Destaques das classificatórias


Kevin Strijbos

Bélgica – A turma dos países baixos é especialista neste tipo de terreno. O time foi desfalcado pela ausência de Clement Desalle, mas ao fim das contas acho até que o fato foi favorável à seleção. Apesar de belga desde o nascimento, Desalle declaradamente não é um fã da areia. No mundial é geralmente o terreno onde seus resultados não brilham, pelo menos nos circuitos pesados como Assen.

Em seu lugar entrou o veterano Kevin Strijbos, que já declarou o GP da China passado, provavelmente, foi o seu último. Talvez continue correndo campeonatos regionais na Europa, mas o próprio Strijbos comentou que não vê mais seu futuro amarrado ao Mundial.


Pauls Jonass venceu a bateria da Open

Para o Nações Strijbos encerrou seu contrato com uma equipe privada e conseguiu uma Yamaha oficial emprestada pela equipe Wilvo Yamaha, a mesma de Gautier Paulin e Arnaud Tonus. E que diferença o equipamento fez para Strijbos! Na bateria da Open andou colado em Pauls Jonass e abriu quase 40 segundos do terceiro colocado Glenn Coldenhoff, piloto que encerrou o Mundial com 5 pódios consecutivos e vitórias em 4 baterias. Completando o trabalho da equipe tivemos Jeremy van Horebeek, que correu o ano todo com uma Honda privada, mas geralmente de sobressai na areia. Foi terceiro na bateria da MXGP atrás de Jeremy Seewer e Tim Gajser. Para finalizar o resultado de Jago Geerts na MX2 foi descartado, mas caso não fosse, seu quarto lugar colocaria a Bélgica na liderança isolada, e não empatada com a Holanda.


Calvin Vlaanderen

Holanda – Irônico que o resulta descartado da equipe tenha sido o de sua principal estrela Jeffrey Herlings. Não que a prova do ídolo local tenha sido ruim, foi muito boa, mas não chegou a compensar sua desastrosa largada. Herlings foi de 27º ao quinto lugar. O sul-africano “importado” Calvin Vlaanderen fez o melhor resultado do time com o segundo lugar na MX2. Glenn Condenhoff foi o terceiro na Open, onde andou isolado a prova toda. Sofreu uma queda e sua desvantagem em relação ao líder pulou de 11 para 38 segundos. Mesmo assim mante a terceira posição.


Justin Cooper

Estados Unidos – Entre os norte-americanos foi também o piloto da MX2 o responsável pelo resultado principal. Em seu primeiro evento fora dos Estados Unidos, chegou arrebentando! Dominou a bateria com uma largada espetacular, mesmo posicionado bem por fora do gate. Daí pra frente dominou a bateria e só permitiu alguma aproximação de Vlaanderen no finalzinho, já com o piloto automático ligado. Jason Anderson foi o responsável pelo segundo resultado que colocou os norte-americanos na terceira posição. Zach Osborne foi o oitavo na Open.

Ter um bom piloto na MX2 é fundamental para as seleções no Nações. Ter o seu melhor piloto na MX2 traz algumas desvantagens no domingo, quando as categorias se misturam. O solo pesado traz ainda alguma desvantagem adicional para as 250 na briga para ganhar espaço entre as 450. O próprio Cooper afirmou: “Minha preocupação é sobre quantas posições posso ganhar entre os melhores pilotos de 450“. É isso que conta no domingo. Por isso mesmo a Espanha não perdeu tempo em mover Jorge Prado para a 450.

Demais destaques

Jorge Prado – Todos os olhos se voltaram para o jovem espanhol bicampeão mundial MX2 quando fez o holeshot em sua primeira prova de 450. Após lidera duas voltas, um erro bobo ao errar uma cava o fez perder a dianteira e ir ao chão. Voltou em sexto e conseguiu se recuperar até o quarto lugar. Ainda assim registrou a volta mais rápida da bateria, justamente a primeira, qundo a pista estava livre e pouco castigada.


Jeremy Seewer

Jeremy Seewer – O suíço amadureceu muito nesta temporada, tanto que encerrou o campeonato como vice na MXGP. Após a queda de Prado, liderou até o fim sem permitir a aproximação de Tim Gajser. Gosto do estilo de Seewer, que aparenta fazer pouco esforço sobre a moto. Já comentei no passado que falta-lhe um pouco de agressividade, mas parece estar melhorando neste aspecto.

França – Após cinco vitórias consecutivas parece quase impossível a seleção permanecer com a coroa. Óbvio, tudo pode acontecer neste domingo e Gautier Paulin sempre consegue achar um gás a mais nestas ocasiões, além de mandar os maiores saltos do circuito. Porém as ausências por contusão (Romain Febvre), desinteresse (Dylan Ferrandis), magoado com a federação (Marvin Musquin) ou pelo espaço no boné (Tom Vialle) estão pesando contra a seleção do champanhe. JOrdi Tixier não apresenta um resultado brilhante no Mundial já há um bom tempo e Maxime Renaux ainda não chegou no nível dos melhores da MX2.

Brasil tem dia difícil

Ninguém pensou que a situação do Brasil seria fácil, mas a coisa complicou com a perda de Ramyller Alves, justamente nosso piloto que marcou melhor tempo nos treinos de sua categoria. Ramyller foi o único entre os 20 mais rápidos (17º na Open) enquanto Fabinho Santos e Pepê Buenos marcaram, respectivamente, 23º e 21º tempos. Geralmente para classificar direto é preciso colocar dois pilotos entre os 15 primeiros – ou resultados que façam essa média, ao redor dos 30 pontos.

Ramyller largou sua bateria na sétima posição, mas ainda na primeira volta sofreu um queda violenta que resultou em fratura no seu braço esquerdo. Fabinho foi 21º e Pepê 22º.

Com apenas dois pilotos na Final B nossas chances diminuem, mas nada é impossível. Aparentemente as coisas estão bem equilibradas entre os times não classificados. Com boas largadas e um pouco de sorte…

Transmissão na TV

A Band Sports transmite ao vivo as provas deste domingo. Os horários das corridas são os seguintes (horário de Brasília):

08:00 – Race 1 (MXGP & MX2)
09:30 – Race 2 (MX2 & Open)
11:00 – Race 3 (Open & MXGP)

Vídeo

Resultado geral

PCountryPointsRaceNrPilotoMotoClass
Countries admitted to the Motocross of Nations races
1Belgium5
218STRIJBOS, KevinYamahaOpen
316VAN HOREBEEK, JeremyHondaMXGP
(4)17GEERTS, JagoYamahaMX2
2The Netherlands5
25VLAANDEREN, CalvinHondaMX2
36COLDENHOFF, GlennKTMOpen
(5)4HERLINGS, JeffreyKTMMXGP
3USA7
114COOPER, JustinYamahaMX2
613ANDERSON, JasonHusqvarnaMXGP
(8)15OSBORNE, ZacharyHusqvarnaOpen
4Australia9
311WEBSTER, KyleHondaMX2
612DUFFY, ReganKTMOpen
(10)10FERRIS, DeanKTMMXGP
5Italy14
589FORATO, AlbertoHusqvarnaMX2
988MONTICELLI, IvoKTMMXGP
(11)90LUPINO, AlessandroKawasakiOpen
6Latvia14
199JONASS, PaulsHusqvarnaOpen
1397MACUKS, TomsKTMMXGP
(16)98IVANOVS, DavisHusqvarnaMX2
7France15
73TIXIER, JordiKTMOpen
81PAULIN, GautierYamahaMXGP
(10)2RENAUX, MaximeYamahaMX2
8Great Britain15
49SIMPSON, ShaunKTMOpen
117WATSON, NathanKTMMXGP
(13)8STERRY, AdamKawasakiMX2
9Denmark15
6107OLSEN, Thomas KjerHusqvarnaMX2
9108BOEGH DAMM, BastianKTMOpen
(15)106OLSEN, Stefan KjerKTMMXGP
10Switzerland15
155SEEWER, JeremyYamahaMXGP
1456GUILLOD, ValentinHondaMX2
(30)57SCHEIWILLER, CyrillYamahaOpen
11Sweden16
731BENGTSSON, FilipHusqvarnaMXGP
932ÖSTLUND, AlvinHusqvarnaMX2
(15)33GOLE, AntonYamahaOpen
12Spain17
419PRADO, JorgeKTMMXGP
1321CAMPANO, CarlosYamahaOpen
(18)20LARRANAGA OLANO, IkerKTMMX2
13Estonia17
524KULLAS, HarriHondaOpen
1222LEOK, TanelHusqvarnaMXGP
(19)23RATSEP, PriitHondaMX2
14Germany22
1027ULLRICH, DennisHusqvarnaOpen
1226LAENGENFELDER, SimonKTMMX2
(16)25KOCH, TomKTMMXGP
15Norway22
8119HORGMO, KevinKTMMX2
14118FREDRIKSEN, HakonYamahaMXGP
(20)120WAHL, HenrikKTMOpen
16Slovenia22
291GAJSER, TimHondaMXGP
2092PANCAR, JanYamahaMX2
(23)93IRT, PeterYamahaOpen
17New Zealand26
750WALSH, DylanHusqvarnaMX2
1949CHASE, WyattHondaMXGP
(27)51PURVIS, MaximusYamahaOpen
18Austria31
1135HOFER, ReneKTMMX2
2136SANDNER, MichaelKTMOpen
(23)34NEURAUTER, LukasKTMMXGP
19Rep. of South Africa32
1469VERCUEIL, LloydYamahaOpen
1867DOCHERTY, MichaelKTMMXGP
(24)68RAYNARD, AnthonyYamahaMX2
Countries admitted to the B-Final
20Czech Republic33
1745NEUGEBAUER, FilipKTMOpen
1744POLAK, PetrKTMMX2
(20)43KOVAR, VaclavKTMMXGP
21Poland35
12123STASZKIEWICZ, SzymonKTMOpen
23122WIECKOWSKI, MaciejKTMMX2
(24)121WYSOCKI, TomaszKTMMXGP
22Lithuania39
19105JAZDAUSKAS, DomantasHusqvarnaOpen
21104KARKA, DovydasKTMMX2
23Iceland42
1872REYNISSON, EythorYamahaOpen
2570BIRGISSON, Ingvi BjornKTMMXGP
(26)71SIGURDSSON, EinarKTMMX2
24Puerto Rico42
1752STARLING, JustinSuzukiMXGP
2654MARQUIER, ChaseKawasakiOpen
(30)53RODRIGUEZ, Jose FernandoKawasakiMX2
25Ireland42
1538BARR, MartinYamahaMX2
2839EDMUNDS, StuartHusqvarnaOpen
(31)37MEARA, JasonKawasakiMXGP
26Portugal42
1660BASAULA, HugoKTMOpen
2758PEIXE, SandroSuzukiMXGP
(32)59OUTEIRO, LuisKTMMX2
27Brazil43
2146SANTOS, FabioYamahaMXGP
2247ROSA BUENO, Pedro HenriqueYamahaMX2
(33)48ALVES, RamyllerKTMOpen
28Russia45
2294BRYLYAKOV, VsevolodYamahaMXGP
2496PRONENKO, SvyatoslavHusqvarnaOpen
(33)95PETRASHIN, TimurKTMMX2
29Ukraine46
2278TARASOV, VolodymyrKTMOpen
2577KRUG, OlegYamahaMX2
(28)76MOROZOV, RomanYamahaMXGP
30Japan53
2563TOMITA, ToshikiHondaOpen
2962OTSUKA, GotaHondaMX2
(33)61NARITA, AkiraHondaMXGP
31Croatia55
27101HRANIC, NikolaKTMMX2
29102KELAVA, MatijaKTMOpen
(32)100CRNKOVIC, LukaHondaMXGP
Countries admitted to the C-Final
32Greece57
26115KRITIKOS, EmmanouilYamahaMXGP
31116GEORGANTAS, AlexandrosHusqvarnaMX2
(32)117ANDREOU, AndreasYamahaOpen
33Cyprus58
28110GEORGIOU, AristosYamahaMX2
30109TSANGARAS, ChristosYamahaMXGP
(31)111GEORGIOU, ChrysanthosYamahaOpen
34Luxembourg29
1Belgium5
218STRIJBOS, KevinYamahaOpen
316VAN HOREBEEK, JeremyHondaMXGP
(4)17GEERTS, JagoYamahaMX2
2The Netherlands5
25VLAANDEREN, CalvinHondaMX2
36COLDENHOFF, GlennKTMOpen
(5)4HERLINGS, JeffreyKTMMXGP
3USA7
114COOPER, JustinYamahaMX2
613ANDERSON, JasonHusqvarnaMXGP
(8)15OSBORNE, ZacharyHusqvarnaOpen
4Australia9
311WEBSTER, KyleHondaMX2
612DUFFY, ReganKTMOpen
(10)10FERRIS, DeanKTMMXGP
5Italy14
589FORATO, AlbertoHusqvarnaMX2
988MONTICELLI, IvoKTMMXGP
(11)90LUPINO, AlessandroKawasakiOpen
6Latvia14
199JONASS, PaulsHusqvarnaOpen
1397MACUKS, TomsKTMMXGP
(16)98IVANOVS, DavisHusqvarnaMX2
7France15
73TIXIER, JordiKTMOpen
81PAULIN, GautierYamahaMXGP
(10)2RENAUX, MaximeYamahaMX2
8Great Britain15
49SIMPSON, ShaunKTMOpen
117WATSON, NathanKTMMXGP
(13)8STERRY, AdamKawasakiMX2
9Denmark15
6107OLSEN, Thomas KjerHusqvarnaMX2
9108BOEGH DAMM, BastianKTMOpen
(15)106OLSEN, Stefan KjerKTMMXGP
10Switzerland15
155SEEWER, JeremyYamahaMXGP
1456GUILLOD, ValentinHondaMX2
(30)57SCHEIWILLER, CyrillYamahaOpen
11Sweden16
731BENGTSSON, FilipHusqvarnaMXGP
932ÖSTLUND, AlvinHusqvarnaMX2
(15)33GOLE, AntonYamahaOpen
12Spain17
419PRADO, JorgeKTMMXGP
1321CAMPANO, CarlosYamahaOpen
(18)20LARRANAGA OLANO, IkerKTMMX2
13Estonia17
524KULLAS, HarriHondaOpen
1222LEOK, TanelHusqvarnaMXGP
(19)23RATSEP, PriitHondaMX2
14Germany22
1027ULLRICH, DennisHusqvarnaOpen
1226LAENGENFELDER, SimonKTMMX2
(16)25KOCH, TomKTMMXGP
15Norway22
8119HORGMO, KevinKTMMX2
14118FREDRIKSEN, HakonYamahaMXGP
(20)120WAHL, HenrikKTMOpen
16Slovenia22
291GAJSER, TimHondaMXGP
2092PANCAR, JanYamahaMX2
(23)93IRT, PeterYamahaOpen
17New Zealand26
750WALSH, DylanHusqvarnaMX2
1949CHASE, WyattHondaMXGP
(27)51PURVIS, MaximusYamahaOpen
18Austria31
1135HOFER, ReneKTMMX2
2136SANDNER, MichaelKTMOpen
(23)34NEURAUTER, LukasKTMMXGP
19Rep. of South Africa32
1469VERCUEIL, LloydYamahaOpen
1867DOCHERTY, MichaelKTMMXGP
(24)68RAYNARD, AnthonyYamahaMX2
Countries admitted to the B-Final
20Czech Republic33
1745NEUGEBAUER, FilipKTMOpen
1744POLAK, PetrKTMMX2
(20)43KOVAR, VaclavKTMMXGP
21Poland35
12123STASZKIEWICZ, SzymonKTMOpen
23122WIECKOWSKI, MaciejKTMMX2
(24)121WYSOCKI, TomaszKTMMXGP
22Lithuania39
19105JAZDAUSKAS, DomantasHusqvarnaOpen
21104KARKA, DovydasKTMMX2
23Iceland42
1872REYNISSON, EythorYamahaOpen
2570BIRGISSON, Ingvi BjornKTMMXGP
(26)71SIGURDSSON, EinarKTMMX2
24Puerto Rico42
1752STARLING, JustinSuzukiMXGP
2654MARQUIER, ChaseKawasakiOpen
(30)53RODRIGUEZ, Jose FernandoKawasakiMX2
25Ireland42
1538BARR, MartinYamahaMX2
2839EDMUNDS, StuartHusqvarnaOpen
(31)37MEARA, JasonKawasakiMXGP
26Portugal42
1660BASAULA, HugoKTMOpen
2758PEIXE, SandroSuzukiMXGP
(32)59OUTEIRO, LuisKTMMX2
27Brazil43
2146SANTOS, FabioYamahaMXGP
2247ROSA BUENO, Pedro HenriqueYamahaMX2
(33)48ALVES, RamyllerKTMOpen
28Russia45
2294BRYLYAKOV, VsevolodYamahaMXGP
2496PRONENKO, SvyatoslavHusqvarnaOpen
(33)95PETRASHIN, TimurKTMMX2
29Ukraine46
2278TARASOV, VolodymyrKTMOpen
2577KRUG, OlegYamahaMX2
(28)76MOROZOV, RomanYamahaMXGP
30Japan53
2563TOMITA, ToshikiHondaOpen
2962OTSUKA, GotaHondaMX2
(33)61NARITA, AkiraHondaMXGP
31Croatia55
27101HRANIC, NikolaKTMMX2
29102KELAVA, MatijaKTMOpen
(32)100CRNKOVIC, LukaHondaMXGP
Countries admitted to the C-Final
32Greece57
26115KRITIKOS, EmmanouilYamahaMXGP
31116GEORGANTAS, AlexandrosHusqvarnaMX2
(32)117ANDREOU, AndreasYamahaOpen
33Cyprus58
28110GEORGIOU, AristosYamahaMX2
30109TSANGARAS, ChristosYamahaMXGP
(31)111GEORGIOU, ChrysanthosYamahaOpen
34Luxembourg29
29112FRANK, BjörnHondaMXGP

Fonte: MotoX