MXGP, Moto de Cervellin destruída após queda durante um treino

MXGP, Moto de Cervellin destruída após queda durante um treino

A YZ450F do piloto Michele Cervellin ficou partida em duas após um acidente em Lommel, durante um treino. Apesar do aparato do acidente, o italiano encontra-se de perfeita saúde e pronto para regressar às pistas.

“Estou bem. Estava a rodar em Lommel, em treino, quando um piloto caiu atrás de um salto e, quando saltei aterrei na moto dele,” disse Cervellin à revista MX Vice. “Não sei como aconteceu, mas felizmente não magoei a sério. Tenho de agradecer a Deus, porque enquanto saltava cheguei a pensar o pior.”

Relativamente à preparação para a temporada de 2020, Cervellin mostrou-se entusiasmado com este novo desafio. “Sinto-me bem tanto com a moto como com a equipa. Acabámos de começar e ainda não recuperei totalmente da minha lesão. Ainda preciso de ter uma melhor sensação com a moto. Só preciso de correr, passar horas na moto e voltar à boa forma para estar pronto para a Internazionali d’Italia e especialmente para o MXGP.”

Apesar dos problemas físicos que ainda tem, o piloto italiano está convencido de que tudo correrá pelo melhor. “Ainda tenho de encontrar a sensação que tinha antes da lesão, mas estou otimista. Estamos a treinar aqui na Bélgica há duas semanas com o Alessandro (Lupino). No entanto, amanhã regressamos a Itália, pois já estava previsto no nosso programa. Estamos a treinar juntos, tanto na condição física como na moto. Ainda só passou um mês desde que estou a rodar com a minha nova moto e tudo está a melhorar a seu tempo”.

Está previsto que Michele Cervellin irá competir no Campeonato do Mundo de Motocross no próximo ano, depois de o seu tempo em MX2 ter chegado ao fim. Cervellin terminou em décimo sexto na classificação final do campeonato deste ano mas falhou as últimas oito corridas com uma lesão no pulso. Que o impediu de sonhar mais alto.

Fonte: Motoraid