Yamaha Monster Energy Geração vence MX1 e MX2 na 6ª etapa do Brasileiro de Motocross

Yamaha Monster Energy Geração vence MX1 e MX2 na 6ª etapa do Brasileiro de Motocross

Os pilotos da Yamaha Monster Energy Geração venceram a 6ª etapa do Brasileiro de Motocross 2019, realizada em Jarinú, São Paulo, neste domingo, 15.

Fabio Santos faturou a MX2 de ponta a ponta, com uma largada incrível a bordo de sua YZ250F e domínio absoluto na categoria. Agora ele tem 29 pontos de vantagem sobre o segundo colocado e já coloca uma mão na taça do Tri.

Carlos Campano venceu a bateria da MX1 após largar em segundo e assumir a dianteira da prova com uma ultrapassagem arrojada. Assim, ele volta à liderança da categoria, com 1 ponto de vantagem sobre seu companheiro de time, Paulo Alberto.

Paulo teve problemas na bateria, mas ainda assim terminou na quarta colocação. O português disputava com os ponteiros quando sofreu uma queda e sentiu dores nas costas.

A corrida da categoria Promocional Elite MX foi cancelada depois que os pilotos consideraram a pista perigosa devida a manutenção realizada pelos organizadores antes da bateria. Em reunião, pilotos e chefes de equipe pediram o adiamento desta corrida. A Confederação Brasileira de Motociclismo acatou.

Avaliações

Carlos Campano #1

Categoria MX1

Carlos Campano #1
Foto: Victor Silva

Fim de semana foi bom para mim em termos de resultado. Cheguei aqui 6 pontos atrás e consegui assumir a liderança da MX1, agora tenho um ponto de vantagem para o Paulo. Estava me sentindo bem, consegui um bom tempo sábado, hoje larguei em segundo e consegui ultrapassar o Jetro e vencer. Decidimos todos não largar na Elite porque a pista estava muito perigosa e muitos podiam se machucar. A segurança vem em primeiro lugar.

Paulo Alberto #211

Categoria MX1

Paulo Alberto #211

Na bateria da MX1 teve uma boa disputa, mas caí na metade da corrida e senti muita dor nas costas. Acabei na quarta colocação e o Carlos me passou em um ponto no campeonato. Resta uma etapa e vamos dar tudo. E a Elite acabou por cancelada, mas acho que foi a decisão certa, apesar de que ninguém queria isso. Estava muito perigosa a pista porque molharam as entradas de saltos e já havíamos pedido que isso não acontecesse. Aconteceu de novo e então decidimos juntos que não era seguro largar. Espero que isso ajude a melhorar as próximas pistas do campeonato.

Fábio Santos #1

Categoria MX2

Fábio Santos #1
Foto: Victor Silva

A corrida foi na minha cidade e foi muito divertido correr com o apoio da torcida. Larguei bem e consegui um ritmo bom para abrir vantagem e vencer mais uma. Agora é focar na final para garantir o Tri. Sobre a Elite, foi uma decisão de todos, uma decisão importante para melhorar as pistas do nosso campeonato. Já reivindicamos diversas coisas muitas vezes, e dificilmente somos ouvidos.

A final do campeonato será em Confins, na Grande Belo Horizonte, Minas Gerais, nos dias 26 e 27 de outubro.

Resultado da MX1 – Top 5
1. Carlos Campano / 25 pontos

2. Jetro Salazar / 22 pontos
3. Hector Assunção / 20 pontos
4. Paulo Alberto / 18 pontos
5. Humberto Martin / 16 pontos

Resultado da MX2 – Top 5
1. Fabio Santos / 25 pontos

2. Leo Souza / 22 pontos
3. Fredy Spagnol / 20 pontos
4. Marcello Leodorico / 18 pontos
5. José Mombach / 16 pontos

Classificação MX1 – Top 5
1. Carlos Campano / 195 pontos
2. Paulo Alberto / 194 pontos

3. Jetro Salazar / 188 pontos
4. Hector Assunção / 176 pontos
5. Jean Ramos / 150 pontos

Classificação MX2 – Top 5
1. Fabio Santos / 222 pontos

2. Fredy Spagnol / 190 pontos
3. Leo Souza / 168 pontos
4. Reginaldo Tayt-sohn / 131 pontos
5. Lucas Dunka / 125 pontos

Fonte: Show Radical